Alguém Invadiu a Casa de Taylor Swift, Tomou Banho e Dormiu Uma Sesta

Apesar de ser insólito, o caso prova que a #StalkerLife é cansativa. Por: Vítor Rodrigues Machado -- Imagem: © GTRESONLINE.

Quem não se lembra daquela história infantil dos três ursinhos e da caracolinhos de ouro? Um belíssimo conto onde uma criança loira invade uma casa de animais selvagens e, no final, é ameaçada de morte pelos três que a perseguem pela floresta fora (sim, porque certamente nunca pensaram que era para lhe dar um beijinho na testa e fazer festinhas na cabeça). Pois bem, o universo com o seu sentido de humor único, arranjou maneira de tornar este conto em realidade, dando-lhe um novo ar, tornado-o mais fresco, e trazendo-o para o século XXI.

Foi assim que tudo aconteceu:

 

Certo dia estava o Sweftie [nome dado aos fãs de Taylor Swift], Roger Alvarado, um jovem de 22 anos, a passear pelas ruas de Nova Iorque, a viver a sua vida, enquanto ouvia pela primeira vez Look What You Made Me Do (vamos ter em conta que isto é parcialmente ficção, por isso, posso ser criativo e imaginar o que quiser). Tudo corria bem. Apesar da noite já ter caído, ele sentia-se animado, e a energia da música corria-lhe pelo corpo. Até ao momento em que ouve a frase « I’m sorry, the old Taylor can’t come to the phone right now/ Why? Oh, ‘cause she’s dead!»


O mundo desabou. «Como assim pensou ele!?» Em choque, e como verdadeiro fã que é, correu até ao apartamento de Tay-tay, para garantir que tudo estava bem com ela. Tocou à campainha. Ninguém atendou. Preocupado, decidiu arrombar a janela. Afinal, ela podia ainda estar vida, mas a ser atacada por um discurso de paralizante de 485horas de Kanye West.

 

Assim que entrou, viu que ela não estava. Descansou de alívio «Deve estar no estúdio» pensou. Aproveitando o facto de já estar ali dentro, foi até a cozinha onde comeu uma das suas baras de granola Bio, bebeu o leite de aveia Bio, e depois, de estômago aconchegado, tomou um duche, pôs todos os cremes que tinha a por na cara, e ainda tirou um cochilo. Afinal, tanta emoção tinha-o deixado exausto.

Algum tempo depois, e porque se tinha esquecido do alarme, acordou com a polícia a levá-lo por ter sido tão dedicado e a acusá-lo de perseguição, assalto, e muitas mais coisas boas.

Fim.

Obrigado Jane Fonda.
Como referi em cima, apesar de isto se tratar  de uma história fictícia, os factos são reais. De acordo com o TMZ, na passada sexta feira, Roger Alvarado foi, de facto preso quando estava a dormir na cama de Taylor Swift, depois de ter invadido a casa de Nova Iorque da cantora em Nova Iorque, tendo antes deste pequeno cochilo, tomado um relaxante banho, porque YOLO.

As semelhanças entre esta história e a da caracolinhos de ouro são muitas. Ainda assim tinha esperança de que, tal como eu, ao ouvi-la, Roger Alvarado tivesse pensado «Esta pessoa é parva. Entra na casa de desconhecidos, come a comida deles, e ainda aproveita o momento para descansar. Certamente não estava a espera de ser apanhada pelos três e ainda ter alguém a fazer-lhes festinhas na cabeça enquanto descansa.» e não «Olha que boa ideia, vou fazer o mesmo».

De qualquer forma, estas histórias deram para perceber que a vida de stalker é cansativa.