Este São os Melhores Looks do Coachella

A inspiração perfeita para os festivais de verão que se aproximam. Imagens: ©Instagram

O festival Coachella não é só conhecido pela música e por todo o seu aparato visual. Ano após ano, a chegada do festival alimenta a nossa curiosidade sobre quem vai aparecer e que looks escolheu para o evento. Depois do primeiro fim de semana do festival, encontrámos nas redes sociais das suas habituées uma série de looks que em nada ficam a dever aos anos anteriores. Aliás, a extravagância não está a diminuir.

O festival mais famoso do mundo conta oficialmente com dois fins de semana de concertos. No entanto, uma das suas grandes atrações são as festas, que se transformaram, ao longo dos anos, em mini-festivais. Um dos mais conhecidos é o Revolve Festival, organizado pelo lojademoda online Revolve, onde encontrámos Winnie Harlow ou uma série de anjos da Victoria’s Secret. Sara Sampaio, Jasmine Tookes, Gigi Hadid e Shanina Shaik não se pouparam na publicação dos looks que decidiram levar para o Coachella.

O festival tem contado com os mais variados músicos dos mais diversos universos musicais. E esta edição não foi excepção. A eletrónica de Aphex Twin a Yves Tumor. A psicadelia de Tame Impala. O legado de Gainsbourg na voz sedutora de Charlotte (Gainsbourg). E, no headline do festival, a herança espanhola de Rosalía, o rap de Childish Gambino e o pop Ariana Grande.

O festival de música e arte ao longo dos anos

O Coachella Valley Music and Arts Festival acontece em Indio, no Coachella Valley que fica no deserto do Colorado, na Califórnia. A primeira edição do festival aconteceu em outubro de 1999 e contou com concertos de bandas de culto dos anos 90 como Beck, Tool e Rage Against the Machine. A segunda edição só aconteceu em abril de 2001 e continuou até aos dias de hoje.

O festival de música que tinha performances durante três dias, de sexta-feira a domingo, passou a oferecer dois fins-de-semana distintos, com bilhetes separados e performances idênticas entre eles. Muitas têm sido as performances emblemáticas que são levadas a este festival. Daft Punk e a pirâmide de luz psicadélica, na edição de 2006. Beyoncé, na edição de 2018, foi a primeira mulher negra no headline do festival, onde deu um espetáculo de celebração de black pride, levando samples de Nina Simone e um excerto de um discurso de Malcom X. Finalmente, o regresso de Rage Against the Machine em 2007, que, depois de sete anos fora do ativo, levaram ao festival um dos maiores públicos da sua história.

Além da música, o festival é também conhecido pela arte visual excêntrica e em grande escala. Desde a instalação à escultura, as peças são sobretudo interativas, convidando o público à sua manipulação.

 

 

View this post on Instagram

 

Sahara nights 📷: @jbajsel

A post shared by Coachella (@coachella) on