Rihanna Tornou-se Oficialmente Na Cantora Mais Rica de Sempre, Segundo a Forbes

Como o conseguiu? Rihanna já o explicou numa música: work, work, work, work, work. Por: Inês Aparício -- Imagens: © D. R. e GTRESONLINE.

Podia parecer-nos apenas mais uma música de Rihanna, mas o que não sabiamos é que a cantora nos estava a dar a sua fórmula para o sucesso. Work, do seu álbum Anti, revelava o segredo por trás do mais recente título da barbadiana: artista feminina mais rica do mundo. Quem o diz é a Forbes, que estima que a também atriz, designer de moda e empresária consegui obter uma fortuna de $600 milhões (o equivalente a cerca de €534 milhões), ultrapassando Madonna ($570 milhões), Céline Dion ($450 milhões) e Beyoncé ($400 milhões).

De acordo com a Forbes, apesar de distinguir Rihanna como a cantora mais rica do mundo, não foi através da música que esta conseguiu atingir este estatuto. A artista que irá lançar um novo álbum, ainda este ano, tem dedicado o seu tempo às indústrias da moda e beleza, das quais chegam a maioria dos rendimentos. Uma analista explica que o facto de esta se ter diferenciado no mercado da cosmética com o lançamento de, inicialmente, uma gama de 40 tonalidades de base, foi uma das razões que a fizeram conseguir chegar a este patamar.

«[A Fenty Beauty] desafiou as convenções de que são necessários apenas um determinado número de tons para satisfazer as necessidades das consumidoras», afirmou Stephanie Wissink, analista de dados da Jefferies. «[A marca] não conseguiu apenas atingir um valor significativo de vendas, como existe a possibilidade de ter mudado a indústria permanentemente», completou.

Depois desta, o seu império continuou a crescer, através da linha de lingerie Savage x Fenty e, mais recentemente, com o desenvolvimento da marca Fenty, sob a alçada do grupo LVMH.

A indústria da beleza como crescente fonte de rendimento

Nos EUA, o universo da beleza tem crescido a olhos vistos e isso traduz-se no dinheiro conseguido pelas empresárias que apostaram na indústria, nota a Forbes. A prová-lo, sublinha que 11 das 80 mulheres que integram a lista da revista norte-americana, na qual ordenam as mulheres mais ricas do mundo, obtiveram a sua fortuna através da venda de produtos de maquilhagem ou cosmética. Kylie Jenner, que se tornou na mais jovem bilionária de sempre, no ano passado, é o maior exemplo disso.