O Dia Em Que o Príncipe Carlos Deu Um Precioso Conselho de Moda a Meghan Markle

Um sogro destes vale ouro, e não é só porque é o Príncipe herdeiro de Inglaterra. Imagens: © GTRESONLINE.

Em outubro do ano passado, Meghan e Harry viajaram até às ilhas Fiji, numa visita de Estado que poderia ter dado início a um incidente diplomático se não fosse a intervenção do Príncipe Carlos. Segundo fonte próxima da Casa Real noticiou ao Daily Mail, Meghan pretendia usar uma tiara, de diamante e pérolas, no jantar de dia 23 de outubro no Grand Pacific Hotel em Suva, mas foi desaconselhada a fazê-lo pelo sogro. 

O Príncipe Carlos, que realizou inúmeras viagens em nome da Coroa Britânica – e conhece melhor que ninguém, à excepção da Rainha, os protocolos nestas situações – achou mais sensato que Meghan não usa-se uma tiara, já que está representa um tempo de extravagância e ostentação que não se coaduna com a imagem atual da monarquia inglesa. Meghan Markle compreendeu o ponto de vista do Príncipe herdeiro e optou por usar apenas um para de brincos compridos, também eles com diamantes, mas ainda assim, mais discretos que a jóia que pretendia pedir emprestada aos cofres do palácio.

Para a ocasião Meghan usou um vestido comprido azul celeste, que é considerado até hoje um dos seus mais memoráveis looks de gala. O modelo tinha a assinatura de Safiyaa e foi a escolha perfeita para a ocasião, com uma capa majestosa que dispensava perfeitamente o uso de uma tiara.

Veja este e outros looks de Meghan Markle durante a gravidez.