Óscares: 20 Vezes Que os Convidados Levaram as Mães Para a Passadeira Vermelha

Não há outro amor na vida, igual ao amor de mãe. Por: Margarida Brito Paes Imagens: © GTRESONLINE.

Se este artigo tivesse uma banda sonora, esta seria, obviamente o Mãe Querida, Mãe Querida, do Tony Carreira. É que as mães são mesmo «o melhor que a gente tem», e por isso gostamos de as ter por perto em momentos importantes. Não é, por isso, de estranhar que nos Óscares apareçam algumas mães passadeira vermelha fora.

As mães no Óscares 2020

Este ano marcaram presença as mães de Laura Dern, de Joaquin Phoenix, que também foi promovido a melhor namorado do mundo, e a de Keanu Reeves. Só não foi desta que Brad Pitt levou a dele, parece que continua com medo que confundam a sua mãe com uma possível namorada.

Nada como ter a mãe por perto

Quem sabe que é sempre bom ter a mãe por perto é Joaquin Phoenix, que já tinha levado Arlyn Phoenix aos Óscares em 2001. Outra repetente é Miley Cyrus que levou a mãe consigo para estes prémios várias vezes, o que faz todo o sentido, tendo em conta a tenra idade com que começou a frequentar passadeiras vermelhas.

Mas à lista juntam-se outros ‘menino da mamã’ são eles: Justin Timberlake, Javier Berdem, Halle Berry, Charlize Theron e muitos outros. A lista é vasta e bonita, afinal é sempre bonito ver mãe e filhos a partilhar conquistas. Veja 20 momentos em que as mães de Hollywood brilharam na passadeira vermelha.