Aos 20 Anos, Kylie Jenner é a Mais Jovem no Ranking de Bilionárias da Forbes

E pode mesmo vir a ser a bilionária mais jovem de sempre, destronando Mark Zuckerberg. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © D.R.

Beyoncé, Madonna e Taylor Swift, deixem passar Kylie Jenner. A irmã mais nova das Kardashian acaba de entrar para a lista anual da Forbes que reúne as mulheres empreendedoras mais ricas dos Estados Unidos da América, e fá-lo em grande, conquistando a 27ª posição.

Aos 20 anos e com uma fortuna avaliada em 900 milhões de dólares (aproximadamente 766 milhões euros), a fundadora da empresa de produtos de maquilhagem Kylie Cosmetics é, assim, a mulher mais nova deste ranking. Mais: pode mesmo vir a ser, já em 2019, a bilionária mais jovem de sempre, destronando Mark Zuckerber, que se tornou bilionário aos 23.

De acordo com a avaliação da revista norte-ameriana, só a Kylie Cosmetics vale 800 milhões de dólares. A esta quantia soma-se o dinheiro que Kylie Jenner recebe com as presenças em programas de televisão — como o realiy show Life of Kylie —, com os trabalhos na área da Moda — nos quais se incluem as campanhas publicitárias para marcas como a Balmain ou a Puma e as linhas de roupa que idealiza com a irmã, Kendall Jenner — e ainda com as publicações patrocinadas no Instagram, onde é seguida por 110 milhões de pessoas.

Não é portanto de estranhar a escolha de Kylie Jenner para a capa da edição de agosto da Forbes norte-americana. «Com 21 [Jenner completa 21 anos em agosto], ela prepara-se para ser a bilionária mais jovem de sempre. Bem vindos à era da fama com extrema influência», lê-se na chamada de capa.

«As mulheres empreendedoras de maior sucesso no país estão cada vez mais focadas na tecnologia, incluindo as redes sociais — o que as ajuda a lançar e a desenvolver os negócios. Essa é uma das razões porque estamos a assistir a um fluxo notável de magnatas do Instagram, como Kylie Jenner», revelou Luisa Kroll, editora assistente da Forbes.

Reações à capa da Forbes e à presença de Kylie Jenner no ranking

Este ranking da Forbes, que foi ontem divulgado, diz respeito às mulheres self-made, uma expressão que pode ser traduzida de forma literal como uma mulher empreendedora que atingiu o sucesso sem ajuda (por exemplo, de uma herança).

No Twitter, levantou-se então a questão: será Kylie Jenner uma mulher self-made? Alguns internautas não olham para a celebridade como uma empreendedora, argumentando que «nasceu no seio de uma família privilegiada» e que Jenner já era «rica».

«Sabem o significado de self-made? É alguem que começa do nada, do zero», lê-se num tweet. Num outro lê-se: «A Forbes a apelidar a Kylie Jenner, que vem de uma família rica, de bilionária self-made é só engraçado».

Não obstante, houve quem tivesse aplaudido a presença da celebridade na lista. Entre as pessoas que se pronunciaram via Twitter estava Kim Kardashian West, irmã de Kylie Jenner, que este ano ficou na 54ª posição do ranking.

 

Quem mais está no ranking da Forbes?

Diane Hendrick, que detém a empresa ABC Supply (uma das maiores distribuidoras de tetos, pavimentos e janelas dos Estados Unidos da América) encabeça a lista da Forbes, com uma fortuna estimada em 4,9 mil milhões de dólares. Oprah Winfrey surge na sexta posição, com 3,1 mil milhões de dólares.

Anastasia Soare, criadora da marca de maquilhagem Anastasia Beverly Hills, também entra neste ranking, ocupando a 21ª posição com mil milhões de dólares. No ramo da beleza e da cosmética destaca-se ainda a presença de Hudda Kattan. A digital influencer que criou a marca de sucesso Huda Beauty surge como a 37ª mulher mais rica (com 550 milhões), logo atrás de Madonna, que ocupa o 36o lugar (com 590 milhões).

Beyoncé e Kim Kardashian West também integram a lista. A cantora, que está na 53ª posição, tem uma fortuna de 355 milhões — uma quantia idêntica à da estrela de Keeping Up with The Kardashians. Taylor Swift fecha o ranking no 60º lugar e com um património avaliado em 320 milhões de dólares.