Taylor Swift Escreveu No Diário Sobre A Interrupção De Kanye West Nos VMAs

O momento que deixou também Beyoncé em lágrimas faz este ano uma década. Por: Inês Aparício -- Imagens: © GTRESONLINE.

Os MTV Music Video Awards são sempre uma caixinha de surpresas e, à conta disso mesmo, são já vários os momentos que se tornaram icónicos no palco da cerimónia de entrega de prémios. Um deles faz, este ano, dez anos e, por isso, está a ser mais uma vez escrutinado, ao mesmo tempo que são tornadas públicas novas informações sobre o incidente. Sim, adivinhou. Estamos a falar do acontecimento de 2009, quando Kanye West subiu ao palco para tirar o microfone de uma jovem Taylor Swift (a cantora tinha 19 anos na altura), enquanto esta fazia o discurso de agradecimento, e dizer que era Beyoncé quem merecia aquela distinção. Agora, a artista revelou qual foi a sua reação na altura, em excertos do seu diário, que integram a versão deluxe do novo álbumLover.

«Ahh… as coisas que podem mudar numa semana», começou por escrever Swift numa entrada do diário que data de 18 de setembro de 2009, cinco dias depois de West a ter interrompido na aceitação do galardão para melhor vídeo feminino do ano, com You Belong With Me. «Vamos apenas dizer que, se me tivessem contado que o Kanye West seria o foco número um da minha semana, dos meios de comunicação e da minha parte nos VMAs teria olhado para vocês de olhos arregalados», continuou. «Se me tivessem dito que uma das maiores estrelas da música iria subir ao palco e anunciar que ele pensava que eu não merecia vencer, em plena televisão, diria que ‘esse tipo de coisas não acontecem na vida real’. Bem, aparentemente acontecem», completou.

Na altura, a polémica foi tanta que até Barack Obama se pronunciou sobre o assunto. Segundo o que foi noticiado o então Presidente dos EUA  terá chamado  «imbecil» (do original, «jackass») a Kanye West, pela sua atitude. Depois destas alegadas declarações, o cantor pediu desculpas a Taylor no seu blogue «Peço imensa desculpa à Taylor Swift, aos seus fãs e à sua mãe. Falei com a mãe dela logo a seguir e ela disse-me a mesma coisa que a minha mãe teria dito. Ela é muito talentosa. Sinto-me mesmo mal pela Taylor e estou sinceramente arrependido», declarou.

Lágrimas nos bastidores

Alguns podem achar que este foi apenas mais um drama de celebridades, como os milhares que acontecem a toda a hora, mas conseguem perceber que é real quando é descoberto que Beyoncé ficou em lágrimas nos bastidores. De acordo com uma reportagem da Billboard, um dos membros da equipa da MTV viu a cantora, com o seu pai, a chorar após o momento, enquanto dizia que «não sabia que aquilo ia acontecer» e que se sentia «tão mal por ela [Taylor Swift]».

«Penso que talvez pela única vez na história dos VMAs – sabíamos quem ia ganhar os prémios, tínhamos uma plano para isso, mas não dizíamos aos artistas antes -, a determinada altura, dei-lhe [à Beyoncé] a entender que provavelmente iria subir ao palco no final do programa para receber um galardão. E não seria agradável se a Taylor subisse também ao palco e tivesse o momento dela nessa altura?», contou Van Toffler, na altura presidente da Viacom Media Networks Music, à revista. «Normalmente não diria nada, mas tinha duas artistas a chorar», acrescentou.