As Primeiras T-shirts da Josefinas Deixam a Violência Doméstica Sem Desculpas

A linha Collections pretende sensibilizar para o crescente número de vítimas deste crime silencioso. Por: Inês Aparício -- Imagens: © cortesia Josefinas.

«Caí das escadas», «fui contra um armário», «fui contra uma parede», são apenas algumas das explicações dadas para encobrir, quer por medo ou vergonha, as nódoas negras e ferimentos que surgem como resultado dos contínuos abusos por parte dos companheiros. E são estas justificações que ilustram as primeiras t-shirts da Josefinas, numa coleção que coloca o foco no crescente número de vítimas de violência doméstica.

Esta linha tem a assinatura da artista britânica Jacqueline Bissett, que já colaborou com marcas como Yves Saint Laurent, Louis Vuitton e Givenchy. As três peças que compõem a linha Collections foram criadas com o objetivo de «provocar uma discussão e sensibilizar para a ocorrência deste crime silencioso», explica Maria Cunha, CEO da Josefinas, em comunicado. «Cada t-shirt conta a história de uma mulher vítima de violência doméstica, e são um espelho das histórias de milhares de mulheres. A violência doméstica pode acontecer a qualquer uma de nós e é importante, fundamental diria, falarmos sobre este flagelo», sublinha.

Uma coleção solidária

Tal como acontece com os sapatos e atacadores da iniciativa You can leave da Josefinas, também esta coleção reverte a favor da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). O valor obtido com a venda de cada t-shirt destina-se às Casas de Abrigo da APAV, «para que mulheres em perigo tenham acesso a necessidades básicas, como abrigo e alimentação, e a apoios jurídicos, sociais e psicológicos durante um mês», revelou Tânia Antunes, representante da associação. Até ao momento, cerca de 24 mulheres vítimas de violência doméstica foram apoiadas, por mês, através da coleção de sapatilhas solidária.

As t-shirts que fazem parte da linha Collections custam €79 e estão disponíveis em exclusivo na loja online da Josefinas.