12 Calças Para Andar à Chuva Sem Se Molhar

Quem sabe se não chega mesmo a cantar a plenos pulmões a Let it rain. Imagens: © D. R. e Imaxtree.

A chuva chega e traz, com ela, a ordem para guardar no armário as calças frescas ou qualquer modelo com rasgões. E, por isso, durante estes dias, podíamos jogar ao rei (neste caso conhecido como água caída do céu) manda. Ainda que pudesse facilmente perder a piada, com uma indicação sempre igual: o rei manda vestir umas calças apropriadas para a chuva. Chato, bem sabemos. Mas a época obriga-o. Quanto mais não seja para podermos cantar Let it rain/Let it rain, on me, juntamente com Amanda Marshall.

Ordem para dobrar as calças

As bainhas deixaram de servir apenas para que o tecido não desfie ou alterar o comprimento de uma peça. Mas estas continuam a querer-se curtas. Pelo menos no inverno. Ou melhor, nos dias de chuva, porque, com as estações tão irregulares, parece poderem existir dias mais chuvosos em agosto que em janeiro. Mas condições climatéricas à parte, o que importa é seguir a ordem de dobrar as calças. Assim, não anda com a peça a arrastar pelo chão e, consequente, a molhar-se. As clássicas duas dobras no fundo das pernas não são o limite. O pote de ouro no final do arco-íris pode ser encontrado, por exemplo, numa dobra maior, assumindo o avesso.

Outras alternativas às dobras são os elásticos, punhos ou nós no final das calças. Além das laçadas, feitas com os próprios atacadores dos sapatos.

Tudo no material

Os guarda-chuvas podem ser os nossos BFF’s nestes dias em que o céu parece chorar descontroladamente, mas, admitamos, são (praticamente) inúteis para a zona inferior do nosso corpo. Deste modo, temos de recorrer a materiais como o cabedal, a napa ou o vinil para servirem como barreira para as pernas.

Veja na galeria, em cima, 12 modelos de calças que serão os seus melhores amigos nos dias de chuva. Mas, atenção, não fazem milagres. Por isso, abrigue-se, porque quem anda à chuva molha-se.