A Semana de Moda de Copenhaga Será 100% Digital

Entre 2 e 4 de fevereiro, os desfiles irão acontecer exclusivamente na plataforma online do evento. Por: Inês Aparício Imagens: © Imaxtree.

2020 pode ter terminado, mas não levou com ele a pandemia (sem surpresas, não é verdade?). Por isso, os calendários continuam incertos e os eventos na indecisão de se tornarem integralmente virtuais, híbridos ou tradicionalmente físicos. Porém, a Semana de Moda de Copenhaga tem já a certeza de que será 100% online na temporada de outono/inverno 2021.

Marcadas para os dias 2 a 4 de fevereiro, todas as apresentações das coleções irão acontecer na sua recente plataforma digital – criada em agosto do ano passado, a tempo da última edição do evento que misturou desfiles ao vivo e através de um ecrã -, contrariamente ao que aconteceu no último verão. «Apesar de não ser definitivamente o desejado, é inegavelmente a forma certa de o fazer e esperamos ser possível voltarmo-nos a encontrar fisicamente para a semana de moda de agosto de 2021», declarou Cecilie Thorsmark, diretora executiva da Semana de Moda de Copenhaga, nas redes sociais.

O porquê da decisão

Tendo a contínua propagação do coronavírus em conta, assim como o apertar das restrições previsto na Dinamarca e no resto do mundo, devido ao surgimento da nova variante do vírus encontrado no Reino Unido, a organização «viu-se obrigada a cancelar todos os eventos físicos», incluindo os showrooms e feiras. Assim, 100% digitais, os desfiles serão complementados com conversas com profissionais da indústria da Moda. O calendário será revelado ainda este mês, avança a Semana de Moda de Copenhaga.