45 Imagens Que Provam Que o Pelo é o Rei Deste Outono-Inverno

Porque dizer que não a uma peça em pelo é praticamente impossível. Por: Vítor Rodrigues Machado -- Imagens: © Imaxtree.

Sejamos sinceros, resistir a uma peça de roupa feita em pelo sintético (especialmente durante o outono-inverno) é praticamente impossível. Uma obsessão validada esta estação, já que este material é uma das principais tendências.

No entanto, e contrariamente ao que é habitual o pelo já não está só presente nos casacos que nos protegem do frio. Está também em golas, mangas, chapéus, cachecóis, e até carteiras.

Em baixo reunimos, as quatro principais formas de o usar este outono-inverno, bem como uma série de imagens para que se inspire, e adote o pelo na sua vida.

 

Em look total

Por muito que procuremos, dificilmente encontraremos à venda um vestido ou um conjunto composto por calças e camisola, feito inteiramente em pelo. No entanto, fazer com que este material dê vida a um look total não é difícil. Seguindo o ensinamento transmitido por Anna Dello Russo «vistam um casaco como um vestido», ou neste caso, um casaco de pelo comprido.

 

Numa peça só

Casacos, casacos, e mais casacos. Falar de pelo aplicado ao vestuário sem falar em casacos é o mesmo que falar em praia sem falar em bolas de Berlim (impossível, portanto). Vestir casacos em pelo é, por esse mesmo motivo, a forma mais prática, quente e fácil de usar este material. A melhor parte é que, esta estação, vai poder encontrar versões não só em tons neutros, mas também em todas as outras cores do arco-íris para contrariar o mood cinzento da estação fria.

 

Em detalhes

Se é uma daquelas pessoas que tem medo de parecer que foi engolida por um animal sempre que veste um casaco de pelo, mas ainda assim não consegue resistir a este material (e, por isso, não o quer deixar de fora do seu guarda-roupa), pode sempre apostar em peças que o usem em detalhes. Para além das clássicas golas, pode ainda optar por peças que o tenham aplicado, por exemplo, em mangas.

 

Em acessórios

Provando que é, de facto, uma das maiores tendências deste outono-inverno, o pelo sintético instalou-se também nos acessórios (e, não, não estamos a falar só do interior das luvas). Cachecóis, carteiras, chapéus e, por vezes, até peças de joalharia cobrem-se agora deste material.