O Street Style da Semana de Moda Masculina de Milão é Uma Lição de Mix & Match

Diferentes padrões, materiais e cores: vale tudo no verbo misturar. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagens: © Imaxtree

A semana de Moda masculina de Milão, dedicada às propostas para o outono-inverno 2019-2020, pode ter chegado ao fim, mas o street style do evento é eternamente inspirador. Na cidade italiana conjugou-se o verbo misturar em três frentes e o resultado não poderia ter sido mais eclético.

Abaixo, reunimos as lições de mix & match que retirámos do estilo de rua durante o evento, que se realizou de 11 a 14 de janeiro.

 

Lição 1: Padrões nunca são demais

Se pensa que os padrões tartan e leopardo são imisturaveis é porque ainda não viu os dois juntos em ação, qual power couple. O mesmo acontece quando as flores e o polka dot se juntam e quando as riscas se unem aos camuflados. Na hora de misturar, procure conjugar padrões que tenham tonalidades em comum — o encarnado e bordeaux, neste caso — para criar alguma harmonia no visual.

Lição 2: A cor não conhece limites

Estávamos em 2010 quando o color block explodiu. Entretanto, o conceito de misturar cores fortes e contrastantes reinventou-se e hoje, na sua versão 2.0, ele pode perfeitamente nascer na raiz do cabelo, só terminar nas pontas dos dedos dos pés e incluir, pelo meio, um padrão à sua escolha.

Lição 3: Os materiais têm sempre razão

Confie nos materiais e deixe que uma saia de bombazina encontre num casaco de pele o par perfeito, que um par de collants em lurex não queira outra coisa a não ser umas botas transparentes até ao joelho, e que um teddy coat quentinho, por cima de tudo, seja a sua melhor armadura contra as temperaturas baixas.

Na galeria, em baixo, veja mais fotografias do estilo de rua durante a semana de Moda masculina de Milão.