Louboutin Lança Carteira Inspirada Em Portugal e Apoia o Artesanato Nacional

10% dos lucros revertem para a Associação Portugal à Mão. Por: Inês Aparício -- Imagens: © Cortesia Mytheresa.

Depois de vários dias a explorar as regiões portuguesas e a aprender a arte dos bordados e da cestaria, Christian Louboutin sentiu-se finalmente preparado para prestar tributo à sua segunda casa – quer literal como figurativamente, uma vez que o criador tem casas em Lisboa e no Alentejo (Melides). E como é que um designer como Louboutin faz uma homenagem a um país pelo qual é apaixonado? Através da criação de uma carteira que reinventa a tradição nacional.

Para dar vida à Portugaba – nome que o designer deu ao acessório -, Christian Louboutin pegou nas cores fortes, materiais e padrões tipicamente portugueses e deu-lhe o seu cunho. O resultado foram dois modelos diferentes, um preto e outro branco, que elevam o artesanato ao estatuto de luxo. Nestes estão presentes elementos bem portugueses, como os padrões que lembram azulejos, que forram o interior das carteiras, assim como técnicas tradicionais, como os puxados e o ripado habitualmente utilizados nos trajes de folclore.

Louboutin solidário com o artesanato português

Apaixonado por Portugal e pela tradição do país, Christian Louboutin decidiu que parte dos lucros obtidos com os acessórios reverterá para a proteção e promoção do artesanato nacional. Assim, 10% das vendas será concedida à associação Portugal à Mão – Centro de Estudos e Promoção das Artes e Ofícios Portugueses.

Ambos os modelos estão disponíveis em pré-venda na Mytheresa a partir desta quarta-feira, 24 de abril, assim como no site oficial da marca. No entanto, apenas pode fazer encomendas para Portugal através da plataforma multimarcas.

Veja na galeria, em cima, as imagens da campanha gravada nas ruas e cafés lisboetas.