Los Angeles Vai Receber a Primeira Semana de Moda Assumidamente Vegan

Um evento que pretende impulsionar uma indústria da Moda mais ética. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © Imaxtree

Ainda que Nova Iorque, Londres, Milão e Paris sejam as quatro grandes capitais da Moda, é em Los Angeles que vai acontecer a primeira edição da Vegan Fashion Week. A escolha não é despropositada: ainda em setembro do ano passado, a câmara municipal desta cidade do estado da Califórnia aprovou um diploma que visa proibir, a opartir de 2020, a produção e venda de peças de vestuário e acessórios que incluam pelo animal dentro dos seus limites territoriais.

Idealizada pela ativista francesa Emmanuelle Rienda, a Vegan Fashion Week contará com a presença de marcas e designers que vestem a camisola pela causa animal, com o intuito de impulsionar uma indústria da Moda mais ética. «Quero iniciar conversas e debates dentro da indústria, educando, elevando e estabelecendo ligações entre os nossos valores mais importantes: o respeito pela vida humana, pelos direitos dos animais e pelo ambiente», explicou ao site VegNews a criadora do evento, que irá decorrer já no próximo mês, entre os dias 1 e 4 de fevereiro, no Museu de História Natural de Los Angeles e no California Market Center.

Programa da Vegan Fashion Week

O funcionamento da Vegan Fashion Week será idêntico ao de uma semana de Moda convencional: são esperadas apresentações privadas para os profissionais da indústria, bem como desfiles abertos ao público (mediante a compra prévia de bilhetes). Do programa do evento faz ainda parte uma conferência acerca do presente e futuro da indústria da Moda.

Ainda não foram anunciados os designers que irão apresentar as suas coleções ao vivo na Vegan Fashion Week. No entanto, já se conhecem as marcas — tais como a Arsayo Paris, especializada em mochilas de pele sintética, e a Taylor + Thomas, dedicada ao calçado sustentável — que verão as suas peças expostas no vegan lounge, instalado no California Market Center. Neste espaço, produtos alimentares e produtos de cosmética vegan e não testados em animais também têm lugar garantido.