Kim Jones É O Novo Diretor Criativo da Linha Feminina da Fendi

Contudo, este não vai abandonar o leme da Dior Homme. Por: Inês Aparício Imagens: © Imaxtree.

A cadeira do diretor criativo da linha feminina da Fendi tem um novo nome: Kim Jones. O designer irá sentar-se nesta, enquanto segue ao leme da Dior Homme, na qual se mantém desde 2018. Este irá trabalhar em conjunto com Silvia Venturini Fendi, que tem procurado continuar a visão de Karl Lagerfeld na maison desde a morte do kaiser, já em fevereiro do ano passado, e que continuará a dirigir as linhas masculina e de acessórios da casa italiana.

Este movimento, visto com alguma surpresa, coloca um ponto final na questão da sucessão na Fendi, pós-Karl. Ao contrário da Chanel, que viu chegar Virginie Viard à direção criativa da marca poucas horas depois da notícia do falecimento do designer, a maison parecia seguir, até agora, ao sabor do vento com um membro da família fundadora, sem nunca assumir que este estaria a substituir o criador alemão. Assim, Kim Jones torna-se, oficialmente, o sucessor de Lagerfeld.

«Kim é um dos designers mais talentosos e relevantes da atualidade. Com a Silvia Venturini Fendi, que tem carregado virtuosamente o legado da Fendi e de Karl Lagerfeld, Kim irá trazer a sua contemporaneidade e ponto de vista único para o mundo da Fendi», declarou Serge Brunschwig, CEO da marca, em comunicado.

Bernard Arnault, diretor executivo e CEO do grupo de luxo, adicionou que «Kim Jones é um muito talentoso e, desde que chegou [ao grupo], tem continuamente provado a sua capacidade de se adaptar aos códigos e herança das casas LVMH, enquanto as revisita com grande modernidade e audácia». «Na Fendi, estou convencido que a sua visão e paixão irão largamente contribuir para o sucesso das coleções de mulher», completou.

A primeira apresentação do criador à frente da Fendi está marcada para fevereiro do próximo ano, durante a temporada de outono/inverno de 2021.