Inditex, H&M e Mango Juntas no Combate à Covid-19

As doações das gigantes da moda acessível. Por: Margarida Brito Paes Imagens: © D. R.

À semelhança do que tinha anunciado a Inditex na semana passada, também a H&M irá pôr a sua produção ao serviço do combate à Covid-19. Já a Mango optou por doar milhões de máscaras aos hospitais espanhóis.

H&M produz material de proteção

A H&M irá ocupar muitas suas linhas de produção com equipamento protetor pessoal a ser fornecido a hospitais e a prestadores de cuidados de saúde em todo o mundo. O material será entregue de acordo com as indicações da UE.

«O Coronavírus está afetar cada um de nós de forma dramática e o Grupo H&M, como muitas outras organizações, está a fazer o seu melhor para ajudar e contribuir durante esta situação excecional. Vemos esta ação como um primeiro passo nos nossos esforços para apoiar de todas as formas possíveis. Estamos todos juntos e devemos abordar esta situação o mais coletivamente possível», afirma Anna Gedda, Head of Sustainability do Grupo H&M.

A empresa irá ainda meio milhão de dólares ao COVID-19 Solidarity Response Fund, um fundo monetário criado a pedido da Organização Mundial de Saúde (OMS), para angariar dinheiro para a proteção contra o vírus, mas também para a sua investigação.

«As doenças não respeitam fronteiras; estou muito agradecida à H&M Foundation por reconhecer que este problema verdadeiramente global precisa de uma solução verdadeiramente global, com todos a fazerem o seu papel. “ diz Elizabeth Cousens, Presidente e CEO da UN Foundation.

Mango doa 2 milhões de máscaras 

A situação é Espanha está longe de estar controlada, com milhares de novos casos de Covid-19 todos os dias, e centenas de mortes diárias. Números impressionantes e absolutamente desoladores, um crescimento tão rápido que torna o material de proteção para equipas médicas, ainda mais urgente. Para ajudar a colmatar o problema, a Mango anunciou que irá doar 2 milhões de máscaras aos hospitais espanhóis.

A distribuição será feita logisticamente pela empresa, mas a  distribuição será feita seguindo as instruções do Ministério da Saúde.

(Artigo original 18 de março de 2020)

A Inditex anunciou esta quarta-feira, 18 de março, que irá prestar apoio monetário  e logístico ao Governo Espanhol para apoiar o combate ao Covid-19. Espanha conta  com mais de 11 mil infetados e mais 500 mortos.

As medidas da Inditex

A Inditex, uma das maiores empresas espanholas e uma das maiores da Indústria da Moda, está à disposição do Governo Espanhol para fazer o transporte de bens sanitários produzidos na China. Além disso, a empresa revelou ainda que irá comprar este tipo de material fazendo uma entrega semanal de material.

«Neste momento já foram doadas 10 mil máscaras protetoras e até ao final desta semana está previsto o envio de outras 300 mil máscaras cirúrgicas protetoras», esclarece em comunicado.

A gigante espanhola revela ainda que a empresa está a explorar a capacidade de dedicar uma parte da produção ao material sanitário, estando apenas esta medida pendente da disponibilidade de material. É de lembrar que a confeção portuguesa tem como principal cliente a Inditex.

Preservar o emprego

A empresa garantiu ainda que irá garantir os postos de trabalho, «complementando a retribuição em casa de necessidade». Para tal, irá recorrer aos apoios anunciados pelo Governo Espanhol.