Grammys: Lady Gaga Alterou um Desenho de Hedi Slimane Para a Celine

Os Grammys foram a grande estreia da Celine de Hedi Slimane na passadeira vermelha. Por: Margarida Brito Paes -- Imagem: © Gtresonline

Este domingo, Lady Gaga esteve nomeada para duas galas diferentes, uma em Londres, outra em Los Angels. A cantora escolheu estar presente nos Grammys, e fez a escolha acertada, já que venceu quatro prémios nesta cerimónia. Enquanto nos BAFTA apenas arrecadou o galardão de Melhor Banda Sonora, com o filme ‘Assim Nasce Uma Estrela’.

Para os Grammys de 2019, Lady Gaga escolheu um vestido Celine, com a assinatura de Hedi Slimane, mas deu-lhe o seu toque pessoal. A escolha recaiu sob o coordenado que desfilou em 86º lugar na coleção de primavera-verão 2019. O micro-vestido prateado com um folho lateral, ganhou uma nova vida na passerelle, bem como, vários centímetros. A criação, que era originalmente bastante curta, transformou-se num vestido comprido digno de uma passadeira vermelha. Já o folho manteve-se precisamente do mesmo tamanho e da sua base saiu uma racha que Lady Gaga usou como trunfo, na hora de posar na passadeira vermelha dos Grammys.

A polémica Celine de Hedi Slimane

Este vestido pertence à primeira coleção de Hedi Slimane para a Celine, e foi um dos modelos que foi apontado como uma cópia das criações do designer pra a Saint Laurent. As proposta apresentadas pelo designer em setembro de 2018 foram amplamente criticadas. Heidi chegou a ser acusado de estar matar a Celine. Agora a marca, que perdeu o acento no ‘E’ a mando de Slimane – recordamos que também foi este designer que arrancou o Yves à Saint Laurent – aparece pela primeira vez na passadeira vermelha e não podia ter tido uma estreia melhor.

Veja o vestido original e a versão que a Lady Gaga usou, na galeria.