Exclusivo ELLE: Olivier Rousteing Fala da Coleção da Balmain Para o Mytheresa

Os verões do passado ganharam vida na nova coleção da Balmain. Por: ELLE Portugal Imagens: © D. R.

Branco, dourado, bege e amarelo são os tons que fazem a coleção exclusiva da Balmain para o Mytheresa. A inspiração veio dos verões de Olivier Rousteing em Bourdeaux, e nas ilhas circundantes. Assim, esta é uma coleção que se faz de todo o glamour do sul de França como explica o diretor criativo da Balmain, numa entrevista exclusiva.

Qual a ideia por trás da coleção cápsula exclusiva que criaste para a Mytheresa?

Enquanto trabalhava nela, não parava de pensar nas celebrações do verão passado e viagens que irei sempre guardar na memória. Cresci no sudoeste de França, na cidade de Bordeaux, onde os verões são muito longos, muito quentes e sempre muito, muito solarengos – o que significa que todos saem de lá, sempre que possível, para a costa atlântica e ilhas próximas. Tenho tão boas memórias desses tempos passados nesses locais incríveis – a água é perfeita, as praias, rodeadas por florestas e enormes dunas, parecem infinitas e as pequenas cidades são bonitas. É incrível a quantidade de destinos de verão fantásticos que podemos escolher aí. Por isso, enquanto eu e a minha equipa trabalhávamos nesta coleção, pensei no exército Balmain a viajar para esses pontos de surf da região, como Hossegor, resorts de luxo à moda antiga, como em Biarritz, e escapadinhas chiques para a costa, como Cap Ferret – e fiz questão de que esta coleção lhes oferecesse o tipo de escolhas que quisessem levar nas suas malas para o fim de semana.

Esta coleção cápsula tem peças femininas e masculinas. Podes falar-nos mais sobre o estado de espírito da Balmain?

É fácil ver que esta é uma coleção Balmain. Podem identificar rapidamente os códigos familiares da maison, que foram reinventados ligeiramente, de uma forma sensual, para os dias mais quentes de verão e as noites que se avizinham. Existe o meu padrão preferido de pied de pule (o houndstooth), os nossos botões de assinatura e tons dourados – mas diria que o que realmente torna esta coleção Balmain é a atitude que percorre toda a linha. Eu e a minha equipa reparamos frequentemente no poder transformativo dos nossos designs – Assim que vestem uma peça Balmain, o corte incrível do nosso atelier, a longa história de trabalho manual sem paralelo, o nosso design distintivo e moderno e a silhueta, juntos, criam um certo ‘tout est possible‘ [em português, tudo é possível] que eleva a confiança e que pode ser encontrado nos próprios ícones da Balmain.

Conta-nos mais sobre o processo criativo por trás desta coleção.

Diverti-me imenso a trabalhar nela. É sempre ótimo adicionar algo novo! Eu e a minha equipa começamos por discutir como poderíamos traduzir melhor as nossas assinaturas Balmain favoritas numa verdadeira coleção cápsula de verão. Para todos entrarem no espírito perfeito, liguei as colunas do estúdio e pus a tocar as minhas músicas de verão preferidas no volume máximo, todos os dias. Funcionou. Definitivamente, não tivemos falta de ideias! Aliás, acabamos por ter de deixar algumas de que realmente gostávamos de lado, ou, caso contrário, não seria uma cápsula. Tivemos tantas ideias que podíamos ter feito facilmente uma outra coleção! Penso que, pelo menos, sabemos que existirão vários looks para a próxima coleção de verão!

A coleção parece ter sido tirada de uma festa na piscina. Do que mais gostas no verão?

Il Dolce Far Niente [numa tradução livre, não fazer nada]… O verão serve para recarregar baterias e focarmo-nos no que realmente importa na vida. Para mim, o melhor de umas férias de verão é poder finalmente descontrair e estar com os amigos e a família. Gosto dos finais de tarde quentes, no verão, que partilhamos, quando todos podemos rir, contar histórias e falar durante horas – começando com umas bebidas, enquanto preparamos o jantar juntos, e, depois de um ótimo jantar por baixo das estrelas, continuar as conversas e gargalhadas, pela noite dentro, uma vez que ninguém quer parar esse momento e dizer boa noite.

Qual é o teu destino de sonho?

Qualquer sítio que seja bonito e onde possa desligar completamente! Adoro ir a locais onde não há nada mais que silêncio, sol, água e ótima comida – e, claro, espaço suficiente para poder estar com bons amigos e família!

Qual é o teu livro preferido para ler junto à piscina (e a bebida?!)?

Confissão: Começo quase todos os verões com o objetivo de ler algo que seja bom para mim. Por isso, faço frequentemente o download de uma série de clássicos franceses que tínhamos de ler na escola (Corneille, Racine, Voltaire, Molière – os nossos equivalentes a Shakespeare). Mas, vou ser honesto: sempre tentei bastante, mas nunca consegui passar dos primeiros capítulos em todos eles! Acabo sempre a roubar um livro a um amigo e/ou trazer uma série de revistas quando vamos ao supermercado… A verdade é que estas são, provavelmente, escolhas muito melhores para ter junto à piscina! E para acompanhar essas escolhas «literárias», bem… aqui, nos dias mais quentes de verão, costumamos servir champanhe, vinho rosé ou branco em copos cheios de cubos de gelo. Essa combinação exclusiva do verão é chamada ‘piscine’ (do francês, significa piscina), o que, penso, torna claro que é a escolha de verão perfeita para beber junto à piscina!

Se tivesses de organizar a festa de piscina perfeita, quem convidarias?

Durante todo o ano, a minha equipa organiza festas e celebrações fantásticas para as estreias da maison, lançamentos de desfiles – e adoro as misturas que preparam para essas noites. Mas o verão é sempre diferente. É quando quero estar apenas com as pessoas que são mais importantes para mim: os meus bons amigos e família. E não consigo imaginar melhor grupo para ter na minha festa de piscina!