O Desfile Anual Da Victoria’s Secret Não Vai Ser Transmitido Na Televisão

Os Anjos da Victoria's Secret não voltarão a aparecer no ecrã das televisões. Imagens: © Imaxtree.

O desfile anual da Victoria’s Secret não vai ser transmitido na televisão, este ano. De acordo com a CNBC, o anúncio foi feito na 6ª feira passada, dia 10 de maio. Les Wexner, CEO do grupo L BRands, que detém a marca de lingerie, fez um comunicado aos seus colaboradores. Segundo Wexner, a transmissão televisiva já não serve os propósitos deste evento.

«A moda é um negócio em constante mudança. Temos que evoluir e mudar para crescer. Com isso em mente, decidimos repensar o tradicional desfile da Victoria’s Secret. De modo a avançarmos, acreditamos que a transmissão televisiva já não é apropriada. Em 2019 e depois, estamos a focar-nos em desenvolver conteúdo entusiasmante e dinâmico e um novo evento — transmitido aos nossos clientes através de determinadas plataformas… e formas que expandirão os limites da moda na era global do digital», declarou Les Werner em comunicado.

O desfile anual da Victoria’s Secret

O desfile anual da Victoria’s Secret já viajou pelo mundo. O primeiro desfile de 1995 teve lugar no Hotel Plaza em Nova Iorque. Repetindo-se o lugar do evento por mais três anos. No entanto, a marca de lingerie apresentou as suas coleções noutros lugares emblemáticos. Passando por Cannes, até ao famoso local de apresentação dos Óscares, ex-Kodak Theatre em Los Angeles. Em 2017, foi até Shanghai. Voltando a Nova Iorque em 2018.

Todos os desfiles apresentam um décor sumptuoso de acordo com o tema escolhido. Nele, desfilam os habituais Anjos da Victoria’s Secrets com as peças de lingerie da coleção e as respetivas asas.   Cada evento conta com uma série de celebridades e momentos musicais que pontuam o desfile.

A marca tem sido alvo de críticas relativamente à promoção de um determinado corpo de mulher e à falta de inclusão de outro tipo de corpos. Em novembro de 2018, os comentários de Ed Radek, chefe de marketing da L Brands sobre a falta de interesse na inclusão de modelos plus size e transexuais levantaram ainda mais polémica, e à consequente demissão da antiga CEO da L Brands, Jan Singer.

Desde 2001, que o Desfile Anual da Victoria’s Secret tem sido transmitido na televisão, alternando entre os canais ABC e CBS.