A Chanel Organizou Uma Reunião Familiar Para Apresentar a Linha de Alta Costura

E também teve direito a retratos para o álbum da família Chanel. Por: Inês Aparício Imagens: © D. R.

«Adoro grandes reuniões familiares, quando todas as gerações se juntam. É tão acolhedor», confessa Virginie Viard. E exatamente por isso, ainda que a pandemia tenha ditado que os encontros de família devam ficar em pausa, a diretora criativa da Chanel decidiu tomar o Grand Palais, em Paris, como sua casa e apresentar fisicamente a coleção de Alta Costura da maison – até «porque a Chanel também é como uma grande família». A diferença é que, em vez de reunir os pais, avós, tios, primos, irmãos e outros familiares cuja relação de parentesco nem sabemos, por vezes, nomear, a criadora convidou as embaixadoras da casa de luxo para assistir ao desfile, com todas as medidas de segurança exigidas durante a pandemia.

Em cadeiras afastadas entre si, Marion Cotillard, Penélope Cruz, Vanessa Paradis, Lily-Rose Depp e Alma Jodorowsky sentaram-se ao redor do espaço e viram entrar os 32 coordenados propostos pela mulher que agarrou o leme da Chanel após a morte de Karl Lagerfeld. «Sabia que não podia organizar um desfile grande, que tínhamos de inventar outra coisa qualquer, por isso tive a ideia de um pequeno cortejo», notou em comunicado. Foi assim que, em grupo, as modelos surgiram na sala, prontas para os retratos que Viard idealizara para o álbum de fotografias. Porque sim, tal como num encontro de família tradicional, as memórias não ficam apenas nas mentes de cada um.

Sonhando com dias em que a covid-19 não é mais do que uma lembrança e as festas são permitidas, a criadora deu vida a peças que espelham esses mesmos momentos de celebração e liberdade. Entre saias volumosas que deixam imenso espaço para dançar, vestidos repletos de folhos que transmitem movimento e dinamismo e sapatos inspirados pelos bailarinos de tango, Viard enviou uma mensagem de amor aos tempos pelos quais esperamos ansiosamente.

Para encerrar o desfile, chegou em cima de um cavalo a noiva, com um longo vestido branco de cetim, bordado com pérolas que formavam pequenas borboletas.

Veja na galeria, em cima, todos os coordenados apresentados.