Asos Compra Topshop em Negócio Que Valerá £330 Milhões

Este poderá colocar em causa 2.500 postos de trabalho. Por: Inês Aparício Imagens: © Instagram @topshop.

Depois de ter confirmado estar em discussões com os proprietários da Topshop acerca de uma possível compra da marca, a Asos anunciou ter efetivamente adquirido a insígnia do Grupo Arcadia. Além desta, a Miss Selfridge, Topman e HIIT passam também a ficar sob a alçada da plataforma de venda de roupa online, depois de um negócio que valerá, de acordo com o The Guardian, £330 milhões (o que corresponde a cerca de €373 milhões).

Este inclui apenas a aquisição das próprias marcas e o atual e futuro stock destas, avaliados em £265 milhões e £65milhões, respetivamente. Ficam, assim, de fora as 70 lojas físicas do grupo, o que coloca em risco 2.500 postos de trabalho, avança a BBC. Contudo, o cargo de 300 funcionários da sede das insígnias serão assegurados, enquanto parte do acordo com a Asos, de forma a prestarem apoio ao nível do design, compra e venda e colaborações.

«A aquisição destas marcas britânicas icónicas é um momento incrivelmente entusiasmante para a Asos e para os nossos consumidores e irá ajudar a acelerar a nossa estratégia de plataforma multimarca», comentou o diretor executivo da compradora, Nick Beighton, em conferência de imprensa. «Temos sido fulcrais ao conduzir o seu recente crescimento online e, sob a nossa posse, iremos desenvolvê-lo ainda mais, utilizando a nossa experiência ao nível do design, marketing, tecnologia e logística, e trabalhando de perto com parceiros estratégicos no Reino Unido e em todo o mundo», continuou, acrescentando que este negócio poderá «estimular a missão da Asos de se tornar no destino número um para os jovens na casa dos vinte anos que adoram moda em todo o globo».

Um grupo desintegrado

Após o anúncio da falência do Grupo Arcadia, no final de 2020, a Deloitte – a consultora financeira que está a gerir a crise do grupo – vendeu logo uma das insígnias, a Evans, ao City Chic Collective. Deste modo, como salienta o WWD, sobram apenas a Burton, Dorothy Perkins e Wallis sem novo proprietário. No entanto, isto não deverá durar muito tempo, uma vez que, segundo o mesmo órgão de comunicação, a Boohoo pretende adicionar as três marcas ao seu portfólio.