14 Velas Para Tornar a Sua Casa Ainda Mais Confortável

Porque a nossa casa nunca foi tão importante como agora. Por: Sandra Gato Imagens: D.R

Costuma dizer-se que por vezes o crepitar de uma lareira pode ser a melhor das companhias. À falta dela, temos velas. Não é comparável mas também fazem companhia. E se forem aromáticas perfumam a casa. E são incríveis objetos decorativos. E estes são apenas três bons motivos para amar velas.

Primeira nota

As velas são viciantes. É aquela luz ténue, que marca presença sem ser demasiado forte, é o ritual… Quando se começa a acender uma vela sempre que se chega a casa, é difícil deixar de o fazer, porque cria um conforto imediato. E, lá está, faz companhia. E, como todos os vícios, cria dependência (boa neste caso). Quer-se mais. Por isso, o que começa por ser uma vela no corredor, transforma-se numa outra no quarto, mais uma na sala e ainda outra de exterior (daquelas que afastam os insetos e resistem a brisas fortes). A escolha de cada uma delas tem necessariamente a ver com o espaço onde se encontram.

Segunda nota

As velas são um bom investimento. Principalmente quando se gosta de velas com aroma, vale a pena gastar um pouco mais porque a qualidade fica no ar, literalmente. Há várias marcas boas que investem em essências e perfumes, muitas vezes naturais, que ganham intensidade com a presença do lume. O aspeto exterior também é importante. A escolha do recipiente é outro dos elementos que as marcas têm cada vez mais em consideração porque as velas são um objeto de decoração por excelência. Há recipientes em vidro, porcelana, barro… às vezes edições limitadas que, obviamente, são para guardar depois da vela acabar.

Terceira nota

As velas exigem cuidados. Quanto maiores são, mais o aroma se sente – algo a ter em no momento da compra. Os cuidados básicos resumem-se a dois momentos: o apagar – em vez de soprar com força e espalhar a chama e o fumo, convém fazê-lo com suavidade e de preferência usar um daqueles “abafadores” de metal próprios. O outro momento é, quando a vela já arrefeceu e a estearina assentou, há que aparar o pavio, retirando o excesso que ficou queimado. É uma forma de evitar fumo desnecessário em casa (que pode inclusive queimar as paredes do recipiente). E, claro, muito importante: não deixar as velas arder sem supervisão ou colocá-las perto de materiais inflamáveis.