Segure-se Bem: Agora Urano Também Está Retrógrado

E ainda vai demorar até voltar ao normal. Por: Vítor Rodrigues Machado -- Imagem: © D.R.

A melhor forma de começar este artigo é com um pequeno momento de introspeção: como lhe têm corrido estas últimas semanas? Está tudo bem? Há algum assunto, com o qual tem vindo a lidar ao longo dos últimos meses (anos talvez), que se tenha tornado mais complexo ultimamente? Começou a sentir que está na hora de mudar de vida? Pois bem, se respondeu que sim a algumas (ou todas) estas questões, o facto de Urano estar retrógrado pode ser a razão.

Sabemos que ainda está a lidar com todos os dramas causados por Mercúrio, mas no passado dia 7 de agosto, Urano iniciou o seu movimento retrógrado, em Touro, e isso significa que podem estar a caminho mudanças na sua vida. Para compreender melhor este trânsito falámos com Brona Palodo (ou se preferir Madama Brona), astróloga e taróloga.


«Urano é o planeta que representa o futuro, as inovações, as mudanças, os imprevistos, a criatividade mental e as ideias mais originais. Por se movimentar de forma mais lenta, Urano, assim como Saturno e Plutão, tem efeitos mais coletivos. Mesmo assim, a casa em que ele se encontra no nosso mapa natal é marcada por períodos de revolução e renovação.» começa por explicar. «No momento, Urano está em trânsito no signo de touro, ativando mudanças substanciais no forma como levamos nossa vida e lidamos com questões financeiras, de apego e de segurança pessoal. Desde o início de agosto, Urano começou um movimento retrógrado. A retrogradação dos planetas indica um período de reavaliação e revisão importantes: é uma oportunidade para resolver mal entendidos, refletir sobre as experiências passadas e conhecer-se mais profundamente. Urano retrógrado convida-nos a refletir sobre o que limita nossa liberdade e autonomia» afirma Brona.

Mar Urano não é o único planeta a estar retrógrado.

 

Outros planetas retrógrados

Como se Urano e Mercúrio não fossem suficientes, Marte, Saturno, Plutão e Neptuno decidiram juntar-se à festa, assumindo também eles um movimento retrógrado, e «isso significa que estamos vivendo num momento mais propício para reavaliações e revisões, e não tanto de ação impensada. Coletivamente, estamos vivendo um momento de crises e transições políticas, económicas e culturais. E assim também é para nossa vida individual: a sociedade está mudando porque nós estamos mudando profundamente.» explica a astróloga.

O essencial para esta fase é então «reavaliar nossas iniciativas e ações, nossos limites e planejamentos, nossas estratégias de renovação e mudança, nossos ideais, crenças e fantasias – tudo isso está na pauta pelo menos até o fim do ano. Urano retoma o movimento direto no início de novembro, e todos os demais planetas vão aos poucos retomando seu movimento direto. Até lá, precisamos desenvolver nossas ideias, planos e hábitos para seguir em frente.»