A Nova Série d‘O Sexo e a Cidade’ Vai Abordar a Pandemia

Além disso, a série vai ser «racialmente diversa e colorida como Nova Iorque». Por: ELLE Portugal Imagem: © HBO & Warner Bros.

Atualização (01/02)

Muitas dúvidas param ainda no ar no que ao reboot de O Sexo e a Cidade diz respeito – principalmente como irão abordar a ausência de Samantha, a personagem interpretada por Kim Catrall que não irá, sem surpresas, regressar. Mas Sarah Jessica Parker, a atriz que dá vida a Carrie, tem (pelo menos) uma certeza: a atual pandemia irá «obviamente fazer parte da narrativa, devido à cidade em que [as personagens] vivem», revelou a protagonista da série à Vanity Fair. «Como é que isso alterou as relações quando os amigos desaparecem? Acredito verdadeiramente que os guionistas irão examinar tudo isso», adicionou.

Na mesma entrevista, o rosto da Intimissimi confessou ainda estar curiosa por descobrir como, não só a sua personagem, como as restantes, irão evoluir em And Just Like That…. «Penso que a Cynthia, a Kristin e eu estamos todas entusiasmadas pelo tempo que passou», afirmou. «Sabem, quem é que elas são neste mundo, agora? Como se adaptaram? Que papel é que desempenharam? Como se tornaram mulheres, amigas, e como encontraram o seu caminho? Adaptaram-se às circunstâncias? São como algumas pessoas que se sentem confusas, ameaçadas, nervosas [com o que se passa no mundo]? Estou tão curiosa e entusiasmada para ver como é que os guionistas imaginam estas mulheres nos dias de hoje», completou, referindo-se ao salto temporal que a série irá assumir, uma vez que o drama irá contar como são as vidas das personagens aos 50 anos.

 

 

Artigo original (18/01)

Desde que soubemos que O Sexo e a Cidade ia voltar a entrar nas nossas vidas que não conseguimos parar de pensar noutra coisa. Existem tantas dúvidas na nossa cabeça que gostávamos de esclarecer… Mas uma das principais, neste momento, é sobre quem vai fazer parte desta nova temporada. É óbvio que está mais do que claro que, das atrizes originais, apenas Kim Cattrall não vai voltar, mas parece que uma série de novas personagens se vai juntar às três amigas.

Anteriormente, a série tinha sido acusada de ser culturalmente insensível, isto pela falta de diversidade nos atores. É por esta razão que os produtores executivos afirmaram que a minissérie de dez episódios vai ser «tão racialmente diversa e colorida quanto Nova Iorque».«A Samantha não vai voltar, mas vamos apresentar duas novas personagens, marcantes e exuberantes mulheres de cor, que vão ajudar a introduzir a série a uma nova geração de espectadores e a refletir com mais precisão o mundo em que vivemos», afirmou uma fonte próxima da produção ao The Mail. «Vão incluir uma ‘mulher afro-americana forte e poderosa’ e outra de origem asiática», acrescentou.

Apesar da escolha da palavra «exuberante» para caracterizar estas personagens ter gerado algumas críticas (isto por ser frequentemente utilizada em séries e filmes para descrever mulheres de cor) a possibilidade de Jennifer Hudson participar em algum dos episódios está a dar esperança aos fãs. Em entrevista ao Entertainment Tonight, a cantora afirmou que gostaria de voltar a dar vida à personagem Louise (assistente de Carrie na primeira película): «Espero que sim! Isso seria muito giro! Estou disposta a isso».

Novas caras conhecidas

Este não é o único nome que irá, possivelmente, fazer uma aparição na série. Supostamente, também Caitlyn Jenner está a ser considerada para um papel. «A Caitlyn tem sido uma figura mediática de uma ou outra forma nos últimos 50 anos. Seria perfeita para uma participação pontual», afirmou uma fonte interna. «Querem novas caras para a série, mas procuram pessoas que os espectadores conheçam e com quem se preocupem», frisou.

Os membros do elenco original Sarah Jessica Parker, Cynthia Nixon e Kristin Davis anunciaram o regresso no seu Instagram. A série, com o nome de And Just Like That…, promete seguir a vida de Carrie, Miranda e Charlotte, agora com 50 anos.