Sete Formas Simples de Adotar Um Estilo de Vida Mais Sustentável no Dia a Dia

Um guia prático para iniciantes, com assinatura Quercus. Imagem: © Gilles Bensimon

Carmen Lima, coordenadora do Centro de Informação de Resíduos da Quercus, partilha, em baixo, sete sugestões, de aplicação diária, para que comece hoje a adotar um estilo de vida mais sustentável.

 

1. Fazer a triagem dos resíduos urbanos e encaminhá-los para a reciclagem

Separe o lixo em casa, ou do trabalho. Ao colocar cada tipo de detrito no contentor adequado vai ajudar a aumentar a taxa de reciclagem, e estará a dar um destino adequado aos resíduos.

 

2. Reutilizar embalagens

Reutilize as embalagens de vidro para guardar compotas caseiras, ou mel. Uma solução que não só ajuda a reduzir a aquisição de embalagens novas, como promove a confeção de produtos caseiros, mais saudáveis e amigos do Ambiente.

 

3. Dar preferência a materiais reciclados

Prefira sempre objetos produzidos com matérias-primas recicladas. Assim ajudará a diminuir o consumo de recursos naturais e aumentará o tempo de vida útil dos produtos.

 

4. Usar sacos reutilizáveis

Tenha sempre consigo um saco reutilizável, para utilizar nas compras do dia a dia, seja de alimentação ou outros produtos. Desta forma, poupará dinheiro e sobretudo recursos ambientais.

 

5. Optar por produtos reutilizáveis em detrimento de produtos descartáveis

Apesar de serem muito práticos, devemos limitar o uso de produtos de utilização única (os chamados descartáveis) apenas aos momentos em que não existe outra opção.

 

6. Evitar o desperdício de água

Aproveite a água que corre enquanto aguarda que aqueça. Esta água está limpa e pode ser reutilizada para uma descarga na sanita, ou para lavar o chão, poupando desta forma um recurso fundamental à vida.

 

7. Acabar com os consumos fantasma de energia

Identifique todos os equipamentos com consumos desnecessários e opte pela aquisição de eletrodomésticos com melhor desempenho energético (consulte sempre a etiqueta energética).

 

Este artigo foi originalmente publicado na ELLE de fevereiro de 2018.