Presidente da CM de Aveiro Apelou a «Esfrega nas Caloiras» Em Festa Académica

As declarações de José Ribau Esteves geraram indignação nas redes sociais. BE e PS exigem pedido de desculpa. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © GTRESONLINE.

Numa tentativa de atrair mais público jovem ao Integra-te, um evento universitário que se realiza anualmente em Aveiro, José Ribau Esteves, presidente da Câmara Municipal daquela cidade, fez um apelo polémico. «Hoje é dia de vir ao Integra-te para dares uma grande esfrega na academia, nas caloiras», propôs o autarca do PSD.

As palavras, proferidas na noite da passada quinta-feira, 4 de outubro, ficaram registadas num curto vídeo que, depois de ter sido publicado nas Stories da página de Instagram da Associação Académica da Universidade de Aveiro, começou a circular nas redes sociais. As críticas ao discurso do Presidente da Câmara Municipal de Aveiro não tardaram a chegar: não só alguns internautas condenaram as palavras de Ribau Esteves como também o Bloco de Esquerda e o Partido Socialistas repudiaram publicamente o apelo do autarca.

«O Bloco de Esquerda condena as declarações de Ribau Esteves e entende que é necessário um pedido público de desculpas por parte do autarca. O Presidente da Câmara assumiu-se como porta-estandarte de uma cultura machista, misógina e atávica», lê-se num post publicado na página de Facebook do Bloco de Esquerda de Aveiro. Para os bloquistas, «as declarações de Ribau Esteves são indefensáveis» e refletem «uma cultura tóxica que coloca as mulheres em risco».

«Que qualquer homem profira estes comentários machistas e sexistas é inaceitável. Que esse homem ocupe um cargo público de relevo, para o qual foi eleito e no qual representa a população, é vergonhoso, indecoroso e exige, no mínimo, um pedido de desculpa público», acrescentou a deputada do BE Sandra Cunha na sua página de Facebook pessoal.

Também o Partido Socialista, através de um comunicado conjunto da Distrital e da Concelhia de Aveiro, exige que Ribau Esteves faça um pedido desculpa. Os socialistas consideram a expressão “dar uma esfrega nas caloiras” «totalmente inadmissível como tratamento das estudantes da Universidade de Aveiro» e alertam para a gravidade do uso da mesma, especialmente numa altura em que «o país toma consciência dos abusos praticados sobre os caloiros no contexto das chamadas “praxes académicas”, bem como das situações de sexismo que se verificam sobre as mulheres no meio académico».

José Ribau Esteves: «Não ofendi ninguém»

O presidente da Câmara Municipal de Aveiro já reagiu à polémica. «Eu não ofendi ninguém», disse em entrevista ao jornal Notícias de Aveiro. «Isto é um episódio absolutamente ridículo, as pessoas têm que saber o que é aquela mensagem, o que é o seu enquadramento e por que é que usei a palavra esfrega». O deputado justificou o uso da expressão “esfrega” com o facto de o músico Deejay Telio, autor do single Esfrega Esfrega, ter sido o cabeça de cartaz do Integra-te 2018 na noite de 4 de outubro, data em que o autarca esteve presente no evento para apelar à participação dos estudantes no mesmo. «Usei o nome da canção mais popular do artista da noite para deixar uma mensagem aos caloiros e às caloiras.»

O autarca considera que foi tudo dito com humor e que, por isso, voltava a repetir as declarações. «Foi este o meu quadro, que obviamente repetiria porque foi tudo feito com bom sentido de humor e naquela ambiência estrita.»