5 Coisas Para Fazer Em Casa Enquanto A Depressão Alex Continua Lá Fora

De viagens virtuais a sugestões de séries e livros. Por: ELLE Portugal Imagens: Stephanie Branchu/Netflix © 2020

Ficar por casa tem sido, há mais de meio ano, o pão nosso de cada dia. Especialmente para quem está em teletrabalho desde o início da pandemia. Mas, apesar de nos termos tornado, entretanto, mestres na arte de não sair de entre quatro paredes, parece que nem sempre sabemos o que fazer para ocupar o tempo. Por isso, agora que a depressão Alex nos impede de abandonar os nossos lares (a menos que queiramos regressar descabeladas e encharcadas), reunimos, em baixo, cinco atividades para aproveitar estes dias de chuva e vento intensos.

1. Começar a ver Emily in Paris

Dizem ser uma espécie de Sexo e a Cidade passada em Paris, não só pela narrativa, como o guarda-roupa ou porque, simplesmente, o criador da série (Darren Star) é o mesmo. E, para nós, é tudo o que precisamos de ouvir para dar uma oportunidade a Emily in Paris. A comédia protagonizada por Lily Collins estreia esta sexta-feira, 2 de outubro, na Netflix, e sentimos que os dez episódios de cerca de meia hora não vão durar muito.

Assista, em baixo, ao trailer e tente não gritar «quero» de cada vez que a personagem principal surge com um coordenado diferente.

2. Fazer uma máscara de beleza

Podemos estar fartas de ouvir a palavra «máscara» – pelas razões óbvias -, mas, no que diz respeito às de beleza, a história é outra. De hidratação, exfoliação ou para dizer adeus aos pontos negros e borbulhas, as opções são infinitas. E as receitas partilhadas pelas editoras de beleza do universo ELLE, todas naturais, são exatamente o que precisa para relaxar em casa, enquanto deixa a sua pele (ainda mais) maravilhosa.

3. Visitar Buenos Aires, sem sair de casa

Enquanto as viagens se reduzem ao essencial, continuamos a sonhar com passeios por ruas desconhecidas e visitas a monumentos repletos de histórias. Porém, não precisa de passar do nosso imaginário. O Airbnb está a organizar uma série de excursões guiadas por cidades como Buenos Aires, sem precisar de sair de casa. O bilhete, neste caso em concreto, tem um custo entre €9 e €11 e serve para, virtualmente, conhecer as histórias por trás de quatro bairros da capital da Argentina: Palermo, La Boca, Puerto Madero e Villa Urquiza.

4. Experimentar uma nova receita de brownies vegan

Se houve algo que todos (ou quase todos) fizemos durante a quarentena foi cozinhar. Aliás, se não nos tornámos padeiros e pasteleiros merecedores de estrelas Michelin, não ficámos longe de ver isso acontecer. Por isso, não podemos deixar este talento em vão. Nestes próximos dias, porque não experimentar uma receita de brownies? Estes, cuja receita pode ver aqui, são vegan e não têm qualquer açúcar refinado ou farinhas.

Brownie vegan

5. Começar a ler Normal People

Qualquer desculpa é boa para começar um livro, mas uns dias por casa, com a chuva a cair lá fora, parece o cenário perfeito para nos deixarmos envolver por uma boa história. E Normal People é a boa história que, se ainda não conhece, ganha, agora, um caráter obrigatório. A cumplicidade de Connell e Marianne é inegável e a crueza da narrativa, escrita por Sally Rooney, deixa-nos de coração nas mãos, a cada folha que voltamos.