«O Diário da Nossa Paixão» Vai Chegar à Broadway Sob a Forma de Um Musical

Nicholas Sparks, autor do romance que já inspirou uma longa-metragem, confirmou a notícia no Twitter. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © D.R

Fez sucesso quando chegou às livrarias, e o mesmo aconteceu quando estreou nas salas de cinema. Agora, O Diário da Nossa Paixão, o primeiro e o mais conhecido dos romances de Nicholas Sparks, parte à conquista da Broadway sob a forma de um musical.

Foi o próprio escritor norte-americano quem anunciou a adaptação do romance aos palcos. Nas redes sociais, Nicholas Sparks mostrou estar muito entusiasmado com o desenvolvimento do espetáculo, que está a ser escrito por Bekah Brunstetter, produtora da série This Is Us (transmitida em Portugal pela Fox Life).

Já as músicas são da responsabilidade da cantora e compositora Ingrid Michaelson. «Quando fui abordada para trabalhar no projeto, tive que pedir desculpa para ir à casa de banho chorar, e depois voltar para a reunião. Durante tantos anos, adorei o filme e a história que a ideia de transformá-lo num musical tomou conta de mim», revelou à Variety. «De facto, comecei a compor na noite em que tive a primeira reunião, antes sequer de ter o trabalho!»

O espetáculo conta ainda com o envolvimento de Nicholas Sparks, que está a trabalhar de perto com os dois produtores da peça, Kevin McCollum e Kurt Deutsch. Não se sabe, para já, quando é que o musical vai estrear nem tampouco quem fará parte do elenco.

O livro, o filme e uma história de amor na vida real

Com mais de 100 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo desde que foi publicado, em 1996,, O Diário da Nossa Paixão (no original The Notebook) marcou a estreia de Nicholas Sparks na ficção. O livro sobre as recordações que um antigo militar da Segunda Guerra Mundial tem da sua amada, a quem conta a mesma história, dia após dia, quando já estão ambos idosos, comoveu milhares de leitores e foi adaptado ao cinema em 2004 por Nick Casavettes.

Ryan Gosling e Rachel McAdams foram os escolhidos para os papéis principais. A ligação entre os atores foi tão forte que os dois chegaram a namorar fora do grande ecrã.