O Museu Victoria & Albert Quer Que As Quartas-Feiras Sejam Dedicadas Ao Design

O V&A é a nova Regina George. Por: Inês Aparício Imagens: © Facebook Victoria & Albert.

As quartas-feiras eram o dia em que usávamos, graças a Mean Girls, cor-de-rosa. Mas, agora, o museu Victoria & Albert quer que seja também o dia do design. A instituição de arte britânica lançou um conjunto de atividades para despertar o lado mais criativo de cada um, destinadas essencialmente a crianças dos 7 aos 11 anos.

Inspirados em diferentes peças do museu, os exercícios e desafios partilhados semanalmente no blog e redes sociais do V&A, sob o hashtag #LetsMakeWednesdays, pretendem entreter os mais novos, enquanto lhes chama a atenção para temas como a moda, reciclagem ou teatro. Para esta quarta-feira, a primeira desta série de iniciativas, o ponto de partida é um vestido desenhado por Stephen Adnit. Esta peça, que faz parte da coleção permanente do Victoria & Albert, foi utilizada por Dame Edna Everage, um alter-ego do humorista australiano John Barry Humphries, num programa de televisão, em 1977.

O museu convida, assim, as crianças a desenvolverem «algo que as ajude a cozinhar, para usarem enquanto comem, um coordenado inspirado pela sua comida preferida ou mesmo uma peça que se torne na sua refeição favorita». Podem ser utilizadas canetas, cartão, materiais de desperdício ou outros. «Não existem respostas erradas», lembra Elizabeth Galvin, diretora dos programas educativos e digitais do museu, no site.

Museus com as portas virtuais abertas

Como medida de prevenção e controlo da pandemia, decidida pelos governos de vários pontos do globo, as portas dos museus foram encerradas. No entanto, o mesmo não aconteceu no mundo virtual. Aí, várias instituições organizam formas de podermos continuar a visitar as suas exposições. Ora através de canais de youtube, redes sociais ou dos próprios sites destes, visitas guiadas são disponibilizadas e outras atividades desenvolvidas. Além do próprio Victoria & Albert, outros museus e galerias de arte como a Fondation Louis Vuitton, o Tate Modern ou o Metropolitam Museum of Art mudaram-se para o online. Também pode ver, agora, a exposição Christian Dior: Designer Of Dreams sem sair de casa.