As Fotografias de Mulheres a Comer Bananas no Instagram São um Protesto

Não se tratar de uma ode ao sexo oral, mas sim um protesto pela liberdade artística. Por: Margarida Brito Paes -- Imagens: © D.R

Se há fruta sugestiva é a banana. Comer um banana pode ter  uma carga sexual imensa, que tantas vezes foi explorada por artistas. É este facto que a artista polaca, Natalia LL, explora num vídeo de 1973. Uma obra que foi catalogada como ‘obescena’ pelo Governo Polaco, sendo depois anunciado que seria retirada do Museu Nacional, em Varsóvia, até dia 6 de maio. A decisão deu origem a uma onda de protestos que pôs centenas de bananas na boca de mulheres e homens. 

A ordem para tirar o vídeo de exposição foi dada na semana passada, depois do Ministério da Cultura ter reunido com o atual diretor do museu, Jerzy Miziolek. No entanto, este garante que não existiu nenhuma pressão governamental para a retirada da obra, dando a entender que teriam tido algumas queixas de visitantes quase sentiram incomodados com este vídeo. Além disso a mudança tem data marcada para a mesma altura em queria haver uma remodelação de muitas das exposições.

Não foi preciso muito tempo para que políticos e artistas começassem a tirar selfies com bananas como forma de protesto. Uma atitude que ganhou força nas redes sociais que já conta com milhares de posts com o #bananaselfie .