Anne Hathaway é Todos Nós Durante o Confinamento No Novo Filme Sobre a Pandemia

Quer dizer, não é que tenhamos planeado um assalto, mas também enlouquecemos ligeiramente. Por: Inês Aparício Imagens: © D. R.

Podíamos sentir, muitas vezes, que era impossível que 2020 fosse mais do que ficção (até que nos víamos fechadas em casa ou com uma máscara a cobrir parcialmente o rosto quando precisávamos de sair e nos lembrávamos – lembramos – que é mesmo a realidade). Mas, na verdade, vai sê-lo também. Protagonizado por Anne Hathaway e Chiwetel Ejifor, Locked Down retrata o que vivemos no ano passado – e, provavelmente, ainda em 2021 -, numa altura em que o confinamento obrigatório era parte do nosso dia-a-dia.

Gravado durante a pandemia com um «orçamento modesto, uma vez que a maioria das produtoras tiveram dificuldades para continuar a trabalhar durante a quarentena», como avança a Deadline, o filme conta a história de Linda e Paxton, um casal que decide colocar um ponto final na sua relação imediatamente no momento em que as restrições consequentes da pandemia começam a apertar. Assim, estes acabam por ser forçados a viver entre as mesmas quatro paredes, apesar dos claros problemas que enfrentam, não só entre si, como profissionalmente. Problemas que têm tudo para piorar, ou não teriam estes planeado um assalto.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por HBO Max (@hbomax)

Além destes dois atores, a comédia romântica realizada por Doug Liman conta com a presença de Mindy Kaling, Lucy Boynton, Ben Stiller e Ben Kingsley, que surgem no ecrã essencialmente através de videochamadas.

Como foi gravar durante a pandemia

Inevitavelmente, a covid-19 obrigou a várias alterações e adaptações, que não foram exceção nos estúdios. Ainda assim, Hathaway considera a experiência de gravar esta película «bastante normal» e, em simultâneo, «completamente louca».

«O puro ato de o fazermos, de fazermos algo tão colaborativo e audaz, tornou-nos a todos muito focados e recetivos – e estranhamente livres», notou Hathaway, em entrevista à People. «As probabilidades estavam tão contra nós de qualquer dos modos que isso me trouxe muita satisfação e uma vontade de correr riscos com a minha performance. Era assustador tirar a minha máscara todos os dias e, por isso, valorizei o quão comprometida estava a equipa para manter as suas máscaras no rosto – mesmo quando gravávamos em salas quentes e tinham de carregar as câmaras, pesadas, e o equipamento de iluminação estavam sempre, sempre de máscara», esclareceu.

O filme chega à HBO Max no dia 14 de janeiro.