A La Redoute Vai Abrir A Sua Primeira Loja Em Portugal

Peças de decoração e mobiliário viajam, agora, do site para um espaço em Lisboa. Por: Inês Aparício Imagens: © D. R.

Começou por chegar às nossas casas num grosso catálogo – quase como uma bíblia ou uma lista telefónica -, migrou para o digital e, agora, põe o pé pela primeira vez na rua. A La Redoute, que chegou a Portugal já 1988, estreia-se, em pleno 2020 (o ano em que acharíamos ser o mais improvável de acontecer ou não estaríamos nós numa crise pandémica), no universo das lojas físicas e chega esta quinta-feira, 29 de outubro, a Lisboa.

Com morada na rua António Enes, o espaço de 400 metros quadrados que se divide em dois pisos, terá à venda mobiliário, decoração e artigos de têxtil-lar, divididos por ambientes de sala de estar, quarto e sala de jantar. Já no que diz respeito à roupa, calçado e acessórios, esses continuarão apenas a poder ser adquiridos na plataforma online.

Ao Público, Paulo Mateus Pinto, CEO da marca em Portugal, explica que esta decisão foi tomada «a pensar no cliente particular, mas também no profissional, que precisa de ver os ambientes criados», como se de uma montra se tratasse. Deste modo, serão criados quatro novos postos de trabalho, ainda que, para já, apenas até junho de 2021, altura para a qual está previsto o encerramento desta «experiência em registo pop-up store».

Novo espaço em plena pandemia

Apesar das circunstâncias em que vivemos, o Mundo não para e este é um bom exemplo disso. «Temos de continuar a viver, a nossa organização tem de contribuir para que haja um amanhã e estamos cheios de esperança», declarou Paulo Mateus Pinto ao mesmo jornal, acrescentando que, ainda que acreditasse que, «nesta altura, a situação fosse diferente», este «não é um investimento a curto prazo».