Filipa de Abreu Abre as Portas Do Seu Apartamento De Sonho

O apartamento da consultora vai deixa-la com vontade de renovar a sua casa. Por: ELLE Portugal Por: Nandini D'Souza Wolfe - Imagem: Pascal Chevallier - Produção: Whitney Robinson

Há dois anos, a casa de sonho de Filipa de Abreu quase lhe escapou entre os dedos. Deu por si a disputar um apartamento de quatro quartos, com um século de idade, situado no bairro da Lapa, com um francês muito empenhado em ficar com ele. Tetos altos e com relevo, paredes e rebordos impecavelmente restaurados, janelas grandes, um terraço com buganvílias e uma vista ininterrupta sobre o rio Tejo. Apesar da concorrência feroz, Filipa disse na altura ao seu agente imobiliário: «Tenho um feeling que o apartamento vai ser meu». Entretanto foi para a Índia– mas antes enviou uma carta ao dono do apartamento prometendo cuidar dele. Quando voltou o apartamento era dela.

Filipa não demorou a instalar-se lá com os três filhos: Luís, 15,  Maria, 14 e António, 10 – e o cão da família, Flynn. «Batizei-o em homenagem a Errol Flynn», diz. Por trabalhar no meio da moda internacional, Filipa viaja frequentemente entre Lisboa e as maiores cidades da Europa e Nova Iorque, tanto na sua função de consultora de design como embaixadora da marca americana Tory Burch.

Quando está em casa, ela faz questão de cumprir a promessa que fez aos anteriores donos do apartamento, enchendo o espaço com peças e memórias capazes de tornar qualquer espaço inesquecível. Cada recanto da casa, por mais pequeno que seja, acolhe os objetos incríveis que traz consigo das suas viagens. Acima de tudo, é um espaço de pessoas onde os amigos são sempre bem-vindos. Filipa adora receber e dá aquele tipo de festas nas quais a sobremesa é acompanhada por um trio musical – e, algumas vezes, “polvilhada” com os famosos movimentos de pernas da bailarinas de cancan. «Esta casa é feita para receber» afirma ela. «A minha forma de agradecer aos amigos é proporcionar-lhes os melhores momentos de sempre ».

Consegue sentar 24 pessoas confortavelmente (o que faz com frequência) à volta da mesa de jantar, normalmente posta com peças de um serviço desenhado por Dodie Thayer para Tory Burch Home. Os guardanapos em linho, colocados em cada um dos lugares, são bordados com as iniciais de cada convidado. E, claro, a decoração extraordinária! Presidindo a todas as refeições, um par de tigres e uma girafa, pintados à mão, num mural com um fundo rosa vibrante. Os painéis  foram um presente de aniversário de uma das grandes amigas de Filipa, Marie-Anne Oudejans, a decoradora de interiores (e antiga designer da linha de moda da Tocca) baseada na cidade indiana de Jaipur. No total, o mural demorou quatro dias a ser finalizado e, como o apartamento é alugado, foi pintado em telas de grandes dimensões  que podem ser retiradas quando ela se mudar. «Quando sair daqui, eles vão obviamente comigo!»

Oudejans explica que os toques ousados de cor usados na sala de jantar foram inspirados pela personalidade efusiva da sua atual proprietária, «A Filipa é tão bubbly e glamorosa», conta, «A mesa está sempre posta com todo o cuidado e há sempre flores, fruta, comida deliciosa, música e muito champagne». A sala de estar é chamada de Sala Azul. Todo o espaço é decorado com peças que Filipa trouxe de locais como Jaipur ou a Comporta. E tudo o que tem em casa é para usar. «Nada é demasiado precioso», refere. «Não é assim que vivo».

O seu estilo é assumidamente eclético. Tudo é passível de se misturar, como se pode ver no seu quarto, onde há ilustrações, referências católicas e cadeiras em forma de animal como mesa de cabeceira. «O minimalismo não é para mim», conclui.