Federação Internacional de Ginástica Proíbe o Uso de Maquilhagem Exagerada

Medida está a gerar controvérsia nas redes sociais. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © Twitter Céline van Gernet

A Federação Internacional de Ginástica (FIG) parece ter mudado as “regras do jogo” no que concerne ao uso de maquilhagem em competições. Quando em agosto, durante o campeonato europeu de ginástica artística, a ginasta holandesa Céline van Gerner fez uma coreografia inspirada no musical Cats, não existia nos regulamentos da FIG nenhuma restrição quanto ao uso de maquilhagem teatral. Por conseguinte, a atleta maquilhou-se a rigor para a sua prova individual no campeonato: nos olhos desenhou um elaborado e carregado cat eye em tons de preto e branco, e nas sobrancelhas e maçãs do rosto foram desenhadas riscas castanhas que lembravam o pelo de um animal felino.

Na altura, este visual de maquilhagem não passou despercebido e foi alvo tanto de elogios como de críticas. «Não estamos acostumados a fazer uma maquilhagem deste género na ginástica artística», disse a atleta em entrevista ao site Gymnovosti. «Vi as regras e não havia nenhuma restrição quanto à maquilhagem, por isso decidi avançar».

O regulamento mudou desde então e foi a própria Céline van Gerner quem deu conta das novas restrições da Federação Internacional de Ginástica quanto ao uso de maquilhagem. No Twitter, a ginasta publicou uma fotografia daquilo que aparenta ser um aviso sobre as novas regras do órgão regulador da ginástica a nível mundial, aviso esse que, ao que tudo indica, terá sido exibido durante o Campeonato Mundial de Ginástica Artística de 2018, que decorreu em Doha, no Qatar, de 25 de outubro a 3 de novembro. «A pintura facial não é permitida e toda e qualquer maquilhagem deve ser modesta e não pode representar uma personagem teatral (animal ou humana)», lê-se na mensagem.

Face a esta nova regra, Céline van Gerner não se mostrou desapontada, antes lisonjeada por ter tido uma oportunidade ímpar de usar uma maquilhagem vistosa. «Sinto-me honrada por ter sido a primeira, última e única [ginasta] na história a representar uma personagem», escreveu a ginasta no Twitter.

 

Reações às novas regras da Federação Internacional de Ginástica

O tweet de van Gerner rapidamente desencadeou uma onda de críticas por parte de vários internautas. «Tudo isto é mais uma vergonha para o desporto. Uma mulher usa uma maquilhagem de inspiração felina e de repente precisamos de uma regra para que o desporto seja levado a sério. Centenas de mulheres são abusadas e são precisos anos para que o NGB [National Governing Body] as oiçam — para não falar de se chegar a uma solução. Prioridades», escreveu uma utilizadora do Twitter, referindo-se ao escândalo de abusos sexuais que envolveu o antigo médico da seleção norte-americana de ginástica, Larry Nassar. «Fiscalizar a forma como as ginastas podem aplicar maquilhagem deve absolutamente ser a principal prioridade deste desporto neste momento. Não há literalmente mais nada a acontecer que seja mais importante», ironizou um outro utilizador do Twitter.

Sephen Colbert também falou sobre esta temática num episódio recente do seu programa The Late Show. «Felizmente, ainda posso ter uma pintura facial enquanto vejo as competições de ginástica», afirmou com ironia o apresentador.