Como Transformar a Sua Varanda no Sítio Mais Acolhedor da Casa

Apanhar sol e respirar o ar da rua é fundamental neste tempo de confinamento. Por: Sandra Gato Shopping: Maria Rodrigues -- Imagens: D.R

Vá para fora…cá dentro. Ou melhor: dentro de sua casa. Apesar do Estado de Emergência ter acabado e o confinamento estar atenuado continua a ser aconselhável ficar o mais tempo possível em casa. E, apesar de termos esperança que o verão nos traga a praia de sempre, mas com novas regras, e de sabermos que em breve poderemos voltar a almoçar ou jantar nas esplanadas dos nossos restaurantes preferidos, continua a ser importante fazer da nossa casa um espaço bonito e confortável. Não só porque passamos muito tempo nela mas também porque o mundo exterior ainda é uma opção muito limitada.

As varandas nunca foram tão importantes

Nos últimos tempos, criámos uma nova relação com as nossas varandas. Porque, por muito pequenas que sejam, são uma ponte para o mundo lá fora que se tornou interdito. Por isso, há que tratar as varandas e terraços com o carinho que eles merecem. Vasos e plantas para as fãs de jardinagem, espaço de churrasco e mesa de refeições para quem tem espaço para isso – quem não tem, há sempre uma mesinha que dê para colocar um jarro de limonada e dois copos em cima –, uma pequena piscina para dar muita felicidade às crianças (e descanso aos pais), um chapéu de sol que crie sombra e convide a tardes de leitura… E tudo o mais que a imaginação ditar e o corpo pedir.

Se abrir a porta do seu terraço ou varanda – para começar o dia a respirar bom ar com um aromático chá na mão – e sentir que está num resort (mas com a vantagem de lhe ser tudo familiar) missão cumprida.