Seis Filmes de Natal Que Provam Que Nem Só de Clássicos se Faz Esta Quadra

Nesta lista podem não estar o Sozinho em Casa ou o Grinch, mas estão outros filmes imperdíveis. Fotos: © D.R.

Assumimos que já tem a manta a cobrir as pernas, a lareira acesa e a família reunida no sofá. Se a única falha para compor o cenário perfeito nesta noite é o clássico filme natalício, reunimos algumas opções não tão clássicas para que seja só carregar no play.

 

Crónicas de Natal

A Lapónia será sempre um lugar distante do qual é apenas possível sair num trenó conduzido por renas. Mas quando dois jovens que planeiam fotografar o Pai Natal danificam esse meio de transporte, o natal de milhares de crianças pode ficar em risco. Nesta produção da Netflix, os irmãos Kate e Teddy Pierce irão ajudar o velhinho de barbas brancas a salvar o natal.

 

 

48 Desejos de Natal

Não é uma, não são duas, mas sim 48 as cartas com os pedidos de crianças de uma cidade inteira perdidas por dois elfos juniores na véspera de natal. Para as recuperar, estes terão de sair pela primeira vez da oficina do Pai Natal e, dessa forma, salvar a noite (o que seria de um filme deste género sem um salvamento bem sucedido?).

 

A Princesa e a Plebeia

A história pode ser-lhe familiar (Barbie em a Princesa e a Aldeã, és tu?), mas esta ganha agora contornos natalícios: uma cozinheira, que se inscreveu num concurso de pastelaria natalícia, encontra a noiva do príncipe. Dadas as semelhanças entre ambas decidem trocar de papéis durante dois dias, acabando cada uma por se apaixonar pelos pares contrários.

 

O Calendário de Natal

Os calendários de advento podem ser um clássico, mas o deste filme produzido este ano pela Netflix não é tão comum como os de chocolate nem como os que escondem produtos de beleza. Com a especificidade de prever o futuro, este é entregue a uma jovem fotógrafa que irá passar a época natalícia a tirar fotografias a crianças com o Pai Natal num mercado local e alterará, através de magia, a vida desta.

 

A Very Murray Christmas

Miley Cyrus, George Clooney e Bill Murray juntos num filme de natal. Precisamos de dizer mais alguma coisa sobre esta comédia musical que quase não acontece devido a uma tempestade de neve? Provavelmente não. Mas queremos que repare no trocadilho do título com o apelido do ator e anfitrião de um espetáculo de música que acontece nesta produção da Netflix de 2015.

You Can’t Fight Christmas

Numa prova de que qualquer «Grinch» pode ser convertido, este filme conta a história de uma das maiores entusiastas pela época natalícia, que tenta alterar a forma como o dono do hotel para o qual trabalha todos os natais vê o momento mais mágico do ano, depois de eeste tentar acabar com a tradição de decorar o hall do espaço.