Dois Filmes De Realizadores Masculinos Sobre Mulheres Para Ver No IndieLisboa

A prova de que as questões relacionadas com as mulheres não importam apenas ao género feminino. Por: Inês Aparício -- Imagens: © D. R.

O movimento #MeToo trouxe um amplificador à conversa sobre feminismo. E, apesar de o caminho ser longo e percorrido lentamente, a consciência para as questões relacionadas com as mulheres tem aumentado. Prova disso é o calendário da 16ª edição do IndieLisboa, do qual fazem parte vários filmes realizados por mulheres e sobre mulheres. Dois deles são, na verdade, trabalhos de realizadores masculinos, o que mostra um interesse crescente por parte dos homens no universo feminino.

Conheça-os, em baixo.

3 Faces, de Jafar Panahi

O realizador foi, já em 2007, preso e proibido de filmar durante 20 anos pelo Tribunal Revolucionário Islâmico do Irão, por acusação de propaganda anti-regime. No entanto, isso não impediu Jafar Panahi de gravar quatro filmes, ilegalmente. O mais recente, 3 Faces, faz parte do calendário do Indie Lisboa e é um regresso do profissional ao universo feminino e às dificuldades sociais que as mulheres sofrem no seu país, temáticas recorrentes no seu trabalho.

Estes três rostos que deram o nome à película são o de três figuras do género feminino que o iraniano acompanha durante a longa. No filme, procuram descobrir o que aconteceu a uma jovem que se terá suicidado depois de a família a ter impedido de estudar e, posteriormente, tornar atriz. A formação e o trabalho no feminino é reprovado no país.

Quando: 11 de maio, às 16h15; no Cinema São Jorge.

Alice T., Radu Muntean

O filme, que é a sexta longa-metragem do romeno a estrear nas salas de cinema portuguesas, é um retrato sobre Alice e a liberdade de escolha. Esta adolescente, numa discussão intensa com a mãe adotiva, revela estar grávida e que, apesar de ter apenas 16 anos, quer ter o filho.

O IndieLisboa descreve-o como «uma mistura explosiva de amor, frustração, suspeita e decepção», num «desempenho extraordinário da estreante atriz Andra Guţi que carrega uma energia voraz e desarmante».

Quando: 9 de maio, às 10h30; na Culturgest.

O festival de cinema irá percorrer várias salas de cinema de Lisboa – Cinema São Jorge, Culturgest, Cinema Ideal e Cinemateca Portuguesa – até dia 12 de maio.