A Disney Satírica de Banksy Vai Aterrar na Alfândega do Porto

A exposição «Banksy, Dismaland and Others» abre portas este sábado, 19 de janeiro. Por: Inês Aparício -- Imagens: © Barry Cawston

As paredes de Bristol foram as primeiras telas de Banksy, mas este rapidamente levou as latas de spray para Londres e, posteriormente, para outros pontos do mundo. Ainda assim, o nome deste street artist permanece no segredo dos deuses — apesar das várias tentativas para descobrir a sua identidade —, mas não o seu trabalho. O fotógrafo Barry Cawston procurou dar a conhecer as obras deste artista através de fotografias que chegarão amanhã, 19 de janeiro, à Alfândega do Porto.

«Banksy, Dismaland and Others» é o nome da exposição do fotógrafo britânico que, de acordo com a organização, «pretende levar o público numa viagem pelo trabalho fenomenal de um artista que há mais de 25 anos usa a sua arte para questionar os valores da sociedade e que chega agora, e pela primeira vez, a Portugal». Além de fotografias sobre o projeto Dismaland (2015) — a sátira de Banksy à Disneylândia —, a exposição integra «outras obras identifcativas do artista, como o Walled Off Hotel (2017) ou Flower Thrower (2005)».

São, no total, 44 fotografias de grande dimensão e uma instalação audiovisual, na qual serão projetados dois documentários sobre Banksy e o trabalho deste, nomeadamente o Banksy does New York (2014) e Saving Banksy (2017). Na mostra, que ficará patente até 31 de março, será ainda possível ver trabalhos de jovens artistas portugueses, o que servirá como «rampa de lançamento de novos nomes do universo da arte urbana», sublinha a organização no site da expoisção.

Sobre o Dismaland

No verão de 2015, Banksy criou na cidade de Weston-super-Mare, na zona coesteira do oeste de Inglaterra, o Dismaland Bemusement Park (ou apenas Dismaland para os amigos), um parque de diversões que satirizava a Disneylândia. Esta instalação esteve aberta ao público apenas durante cinco semanas e contou com a participação de mais de 58 artistas, estando o nome da portuguesa Wasted Rita entre eles.

 

View this post on Instagram

 

Love letters (2015) at #dismaland

A post shared by Wasted Rita (@wastedrita) on