Peças de Decoração Que Levam o Mar Para Dentro de Casa Enquanto Não Há Praia

Sempre dá para enganar a saudade. Por: Sandra Gato Shopping: Maria Rodrigues -- Imagens: © D. R.

Embora nunca tenha sequer tentado equilibrar-me em cima de uma prancha de surf identifiquei-me totalmente com a ansiedade revelada pelos surfistas, quando estavam proibidos de ir ao mar durante o confinamento. Agora já podem, com as devidas medidas de segurança. Senti aquela alegria pura de volta a casa em cada foto de Instagram publicada (e foram muitas) no regresso à prática da modalidade. E identifico-me porque se há algo de que sinto falta é do mar. Não sou fã de praias cheias em pleno verão mas se há algo que me dá vida é um belo passeio à beira-mar, seguido de um mergulho e uma hora ao sol. Acho que não estarei muito errada se disser que todos nós, portugueses, teremos esta relação com o mar. De proximidade, de quase dependência.

Leve o mar para dentro de casa

Os surfistas já voltaram ao mar mas nós não. E numa altura em que já temos dias inteiros de sol e ainda não sabemos quais vão ser as novas regras sanitárias e sociais de frequência da praia, as saudades estão ao rubro. Das ondas, da areia, do aroma a protetor solar, dos pregões dos vendedores das Bolas de Berlim… Até tudo isso voltar a ser uma realidade, sugerimos que leve inspirações marítimas para dentro de casa sob a forma de objetos e peças de decoração que só não trazem o cheiro a maresia. Referências diretas ou estampados alusivos à vida marinha, que vão ser uma espécie de prenúncio dos dias de praia que temos a certeza que, seja qual for o formato, estão para chegar.