O #CaptainMarvelChallenge Quer Proporcionar às Crianças Uma Ida ao Cinema

Não, não é mais um desafio viral dos tempos modernos. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagem: © D.R

Nascida e criada na Internet, a hashtag #CaptainMarvellChallenge soa a mais um desafio viral dos tempos modernos, como o novíssimo #10YearChallenge, que convida a um throwback pessoal até ao ano de 2009; ou o já obsoleto #MannequinChallenge, o desafio que em 2016 congelou celebridades e pessoas um pouco por todo o mundo (lembra-se?). Contudo, neste caso, o nome induz em erro: é que o #CaptainMarvelChallenge trata-se, na verdade, de uma angariação de fundos que pretende proporcionar às meninas sem posses financeiras uma ida ao cinema, para que estas possam ver gratuitamente o filme Capitão Marvel, com a atriz Brie Larson no papel principal.

«Todas as raparigas merecem saber que podem ser heroínas» é o mote da campanha criada por Frederik Joseph, o mesmo impulsionador do #BlackPantherChallenge, uma angariação de fundos com um objetivo semelhante e que proporcionou a mais de três mil crianças desfavorecidas a possibilidade de assistirem ao filme Black Panther no grande ecrã. «Todos devem ter a oportunidade de ver mulheres em papéis inspiradores, papéis que mostram as mulheres como pessoas fortes, inteligentes e ousadas. (…) Esta é uma oportunidade para continuar a capacitar as meninas a serem apenas isso», lê-se na página do #CaptainMarvelChallenge na plataforma GoFundMe.

Mas porquê este filme? Por diversas razões, na verdade: acontece que Capitão Marvel é a primeira longa-metragem dos estúdios da Marvel protagonizada por uma mulher desde o lançamento de Elektra, em 2005. Também o argumento e a realização do filme foram da responsabilidade de uma mulher, Anna Boden, que trabalhou em conjunto com Ryan Fleck. Por fim, a película vai estrear na melhor das datas: 8 de março, Dia Internacional da Mulher.

Até ao momento de publicação deste artigo já foram angariados mais de 21 mil dólares (aproxidamente 18 mil euros), o que significa que o objetivo monetário inicialmente definido (20 mil dólares) já foi cumprido. Brie Larson e o ator Chris Evans (que dá vida ao Capitão América nos filmes da Marvel) já aderiram à causa.