#ELLEstaylocal: Banema Studio, Um Paraíso Para Os Apaixonados Por Decoração

O espaço tinha morada no Porto e, recentemente, chegou também a Lisboa. Por: ELLE Portugal Imagens: © Luis Ferraz.

Mais do que uma simples loja, a Banema Studio funciona como um espaço de partilha de ideias e descoberta de trabalhos de designers, artesãos ou artistas, sempre de chávena de chá ou café na mão. Com morada na Rua Miguel Bombarda, no Porto, e, recentemente, em Campo de Ourique, em Lisboa, esta espécie de paraíso para os apaixonados por decoração e design foi fundada por Dulce Neves e o marido, Joaquim Neves, que têm procurado divulgar marcas e objetos, não só nacionais, como internacionais.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Banema Studio – Porto / Lisboa (@banema_studio) a

O que te levou a criar este projeto?

A Banema Studio é parte integrante da Banema, empresa de referência no mercado da comercialização de produtos derivados de madeira e superfícies decorativas. Apesar da origem estar nos anos 60, a Banema nasceu em 1986 e resultou da visão de Mário Moreiras das Neves, que iniciou a sua atividade empresarial na área que ainda hoje é o core business da empresa, em 1964. Desde então, a empresa, hoje na segunda geração, nunca deixou de inovar, tendo alterado o seu posicionamento estratégico, introduzindo no seu portfólio produtos direcionados para arquitetos e designers de interiores e reforçando a aposta nos valores da inovação e sustentabilidade, surgindo assim a ideia de abrir o espaço localizado na antiga Padaria Independente, no quarteirão das artes, no Porto.

A loja, com 300 metros quadrados distribuídos por dois pisos, apresenta dois ambientes distintos: a Banema Studio e o Banema Lab, multidisciplinares e integrados com soluções únicas e diferenciadoras. Enquanto o primeiro é um espaço para estar e descobrir objetos especiais, o segundo, para além da vertente comercial, a formação, seminários e conferências será um veículo para informar arquitetos, decoradores de interiores, estudantes e outros clientes profissionais e particulares acerca de produtos e materiais aplicados nas áreas da decoração de interiores, construção e reabilitação.

Qual é a história por trás do nome?

Banema é um acrónimo que resulta da junção dos nomes dos sócios fundadores da empresa.

O que foi mais complicado no processo de criar um espaço?

No caso da loja, e acho que de qualquer negócio, a parte mais complicada é tentar antever e ter o distanciamento crítico e necessário para perceber se é o tempo certo para aquilo que estamos a criar.

Qual foi a razão para nunca desistirem?

Com mais de 50 anos de existência, constante inovação e superação de desafios. Desistir não faz parte do ADN da Banema.

Qual foi o melhor momento ou história do espaço até hoje?

É o momento que estamos a viver agora, com a ampliação do projeto para Lisboa.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Banema Studio – Porto / Lisboa (@banema_studio) a

Como é que o vosso espaço faz a diferença?

Um projeto que pretende, acima de tudo, ser um laboratório multidisciplinar, um local de partilha de ideias, uma loja para estar, beber um chá ou um café e descobrir trabalhos de designers, artesãos, artistas e produtos de diferentes áreas e origens. Na Banema Studio a excelência do design é apresentada num ambiente sofisticado, acolhedor e elegante, através de objetos que associam o equilíbrio das formas à nobreza dos materiais. Peças intemporalmente belas, capazes de transformar espaços e produzir sensações singulares.

É um projeto diferenciador, no qual a seleção de cada marca – algumas apresentadas pela primeira vez em Portugal -, objeto, livro, aroma, têxtil ou obra de arte exige um trabalho de curadoria e pesquisa criteriosos e uma visão continuamente atenta às novas tendências e ao que de melhor se faz em Portugal e no Mundo nas áreas dos acessórios, arte, design, fragrâncias, iluminação, lifestyle e mobiliário.

O que ainda falta conquistar?

Para pessoas inquietas como nós, está sempre tudo por fazer e há sempre ideias novas para pôr em prática. Tínhamos dois grandes objetivos para 2020: o primeiro, era ativar a loja online, onde se pode encontrar praticamente tudo aquilo que vendemos na concept store. O segundo, que entrou agora na reta final dos acabamentos, é abrir o espaço em Lisboa. A localização não poderia ser melhor, na Rua Coelho da Rocha, em Campo de Ourique, e o conceito é em tudo semelhante ao do Porto, ou seja, Banema Studio e Banema Lab. Contamos abrir no início de setembro.

O que mais precisam neste momento para chegarem onde querem?

Neste momento, precisávamos que os dias tivessem mais horas para conseguirmos pôr em prática tudo aquilo que temos planeado.

Quais os maiores motivos para comprar português?

Portugal tem criativos e criadores de qualidade irrepreensível. Comprar português significa, acima de tudo, reconhecer e apoiar as marcas, os designers, os artesãos e as unidades de produção nacionais que tanto têm contribuído para o desenvolvimento das áreas onde atuam e, no caso dos artesãos/makers, para a continuidade de uma série de ofícios quase em declínio.

Diz-me outra marca/espaço português que te inspire e porquê?

Não é fácil identificar somente algumas, quando todas as marcas e criadores nacionais com as quais trabalhamos são deveras inspiradores, assim como alguns dos projetos nossos vizinhos no Bairro das Artes, no Porto, e brevemente em Campo de Ourique, em Lisboa.

_ _ _ _

#ELLEstaylocal

Apoiar e dar conhecer projetos portugueses é a missão da rubrica #ELLEstaylocal. Acreditamos que hoje é mais importante, que nunca, comprar português. É importante não deixar que marcas de qualidade se percam na espuma da pandemia.

#ELLEstaylocal: o Aruki Leva-lhe Sushi Para Qualquer Lado