Uma Rua Em Washington Foi Renomeada Para Homenagear Três Mulheres Negras

A NASA esteve por trás desta ação que deu o nome de «Hidden Figures Way» a uma rua perto da sua sede. Por: Inês Aparício -- Imagens: © D. R.

Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson não foram apenas homenageadas no livro de Margot Lee Shetterly, Hidden Figures, e, posteriormente, no filme com o mesmo nome, realizado por Theodore Melfi. As três mulheres afro-americanas, que desafiaram a segregação racial presente nas missões aeroespaciais foram, agora, distinguidas pela NASA, através de renomeação de uma das ruas do quarteirão em frente à sede da agência em Washigton D.C., nos EUA.

Tal como o nome da história original de Shetterly, a rua será designada por Hidden Figures Way, numa alusão a estas matemáticas que contribuíram para o programa espacial norte-americano, durante a corrida à lua, na década de 60.

Muito mais que uma placa

Numa cerimónia que juntou a família de Katherine Johnson, Dorothy Vaughan e Mary Jackson (interpretadas, na película, por Taraji P. Henson, Octavia Spencer e Janelle Monáe, respetivamente), a escritora, Ted Cruz, senador da subcomissão da aviação e do espaço e Jim Bridenstine, administrador da NASA, foi revelada a nova placa da rua. «Quando as raparigas e os rapazes vêm à NASA, olham para cima e vêem a placa», notou Cruz, durante o evento.

O republicano, que co-patrocinou um projeto lei para mudar o nome da rua, explicou que a ideia de alterar a designação desta surgiu depois de ver o filme com a sua família. Este destacou ainda, em entrevista ao The Guardian, a relevância da contribuição de todos na agência. «Penso ser importante reconhecer a colaboração de todos. Mulheres e homens de todas as etnias contribuíram para esta jornada incrível e considero vital que enviemos uma mensagem aos mais novos para mostrar que não existem limites em relação ao que podem alcançar», declarou.

Também Margot Lee Shetterly frisou que foram a «persistência e a coragem [destas mulheres e outras mulheres na mesma situação] que nos ajudaram a chegar onde estamos hoje» e que, deste modo, a alteração do nome da rua é uma forma de «reconhecer as contribuições de indivíduos invisíveis que estavam lá, no início da história.