Louis Vuitton Anuncia Que Não Irá Produzir Peças Inspiradas em Michael Jackson

As peças pertencem à coleção masculina apresentada em Paris. Imagens: Imaxtree

Em comunicado, a Louis Vuitton diz que não irá produzir as peças da sua coleção masculina que se inspiram diretamente na imagem de Michael Jackson. A decisão prendesse com a polémica em torno do documentário sobre o cantor, onde foram revelados detalhes sobre os seus alegados abusos sobre crianças.

Leaving Neverland está a chocar o mundo e a Louis Vuitton, que na sua coleção masculina de outono-inverno 2019/20, não ficou indiferente à polémica. Apesar da coleção ter sido desenhada antes do documentário ser lançado, as acusações detalhadas sobre os abusos cometidos Michael Jackson não deixaram a marca confortável. «Consideramos as alegações feitas no documentário profundamente perturbadoras», disse Michael Burke, diretor da Louis Vuitton, ao WWD. «A segurança e bem-estar das crianças é de extrema importância para a Louis Vuitton. Estamos totalmente comprometidos em defender essa causa», acrescentou ainda.

«A minha intenção com este desfile era referis Michael Jackson enquanto artista da cultura pop. Referenciando-o apenas a sua vida publica que todos conhecemos através do seu legado que influenciou toda uma geração de artistas e designers» disse Virgil Abloh em comunicado.