Emma Thomson Abandona Projeto da Skydance Após Contratação de John Lasseter

A decisão da atriz baseou-se nas acusações de assédio de que Lasseter fora alvo. Por: Inês Aparício -- Imagens: © GTRESONLINE.

Parte das falas da personagem a que dava voz no filme de animação Luck já estavam gravadas, mas isso não impediu Emma Thomson de abandonar o projeto da Skydance Media quando soube que John Lasseter faria parte deste. Acusado de assédio e comportamento indevido no final de 2017, o antigo diretor criativo da Disney e da Pixar – cargos dos quais se afastou na altura para «cuidar melhor de si, descansar e inspirar-se», de acordo com um documento enviado à equipa à qual o The Hollywood Reporter teve acesso – foi contratado para o departamento de animação da película já em janeiro deste ano.

Esta ação ter-se-á tornado uma preocupação para a atriz, que, segundo um porta-voz de Emma Thomson citado pela Variety, preferiu deixar o projeto. Não se sabe ainda quem irá substituir a vencedora de dois Óscares, com os filmes Regresso a Howards EndSensibilidade e Bom Senso, na película de animação.

A contratação de Lasseter não foi bem recebida

Já no mês passado, aquando da revelação de que John Lasseter faria parte do projeto, foram levantadas questões relativamente à contratação, dadas as acusações de assédio que afastaram o produtor durante um ano.

Na altura, o CEO da Skydance, David Ellison, enviou, de acordo com a Variety, um comunicado interno aos funcionários, no qual esclarecia que iria levar a cabo uma investigação às denúncias de que Lasseter fora alvo, mas que estaria confiante da inocência do mesmo.

O filme

Luck, a película de animação realizada por Alessandro Carloni, é passada num mundo em que duas forças opostas, o Azar e a Sorte, controlam o destino. Emma Thomson interpretaria a personagem que lidera a segunda.

A data de estreia do filme está marcada para 2021, mas ainda não existem mais detalhes relativamente à película produdiza pela Skydance Media.