Sexta Feira Treze: 10 Vestidos Pretos Para Sobreviver à Noite do Azar

Esta noite não mete gatos pretos mas mete vestidos carregados de mistério. Imagens: D.R

Sexta feira treze, dia amaldiçoado em que todo o mal acontece. E se isto é verdade para o dia imagine-se a noite. A noite de sexta feira treze está repleta de mistério, é o pavor dos supersticiosos e faz as delícias de quem gosta do oculto. Desta vez juntamo-nos aos fãs das noites de magia negra e propomos que se vista a rigor.

Na galeria reunimos dez vestidos pretos, perfeitos para se misturar com a noite neste dia místico. 

A maldição da sexta feira treze

A superstição da sexta-feira treze é uma consequência de uma das passagens da Bíblia. Segundo a Bíblia, na noite da última ceia, uma quinta feira, estariam treze pessoas sentadas à mesa, os doze apóstolos e Jesus, Judas era o décimo terceiro e acabaria por entregar Jesus aos romanos. Daí a desconfiança com o número treze. A sexta feira junta-se à história porque a crucificação foi a uma sexta feira.

No entanto, não é apenas na cultura católica que se alimenta esta carga negativa para com a sexta feira treze. Segundo a mitologia nórdica Loki, Deus da intriga, causou uma confusão muito grande ao aparecer num jantar onde já estavam sentado os 12 Deuses. O 13º elemento causou tantos problemas que provocou uma briga onde morreu um dos Deuses, Baldur.

A cultura contra o número trezes está tão instalado que é bastante frequente os hotéis não terem o botão treze nos elevadores. A sexta feira treze é tão repudiada que até existe uma fobia diagnosticada medicamente a este dia, aparascavedecatriafobia ou frigatriscaidecafobia. Já quem tem apenas fobia ao número treze sofre de triscaidecafobia.