Sara Sampaio Revela O Produto Que Usa Para Manter As Sobrancelhas Sem Falhas

É assim que a modelo portuguesa disfarça as falhas que resultam de um transtorno compulsivo. Por: Inês Aparício -- Imagens: © GTRESONLINE.

Parece ter sido há uma vida atrás que os questionários nas histórias do Instagram se tornaram numa possibilidade. Contudo, na verdade, foi há pouco mais de um ano. E porque nos estamos a lembrar disto agora, pergunta-se. É que foi exatamente nessa altura, e através dessa funcionalidade, que Sara Sampaio contou ao mundo que tem um problema designado por tricotilomania, o que significa que arranca (no caso da modelo, ainda que esta condição possa ser mais abrangente) pelos das sobrancelhas compulsivamente.

O resultado, que é intensificado em situações de maior stress ou aborrecimento, como quando lê um livro ou vê televisão, são várias falhas nas sobrancelhas que a embaixadora de beleza da Giorgio Armani procura cobrir com maquilhagem. Em entrevista à Allure, durante o Festival de Cinema de Veneza, a portuguesa revelou qual o produto que usa para disfarçar esses espaços sem pelos.

Sara Sampaio adora como o High Precision Brow Pencil, da Giorgio Armani, é, tal como o nome indica, bastante preciso, além de ter uma escova na ponta contrária que lhe dá controlo sobre as suas sobrancelhas. «Os outros lápis dão a sensação de que apenas pintaste as tuas sobrancelhas e gosto que elas pareçam o mais natural possível», explicou. «Tenho muita sorte, de certa forma, por não arrancar o cabelo, porque, assim, é mais fácil escondê-lo com maquilhagem», declarou a modelo, que já reparou que é menos provável que tire pelos das sobrancelhas quando está maquilhada.

Falar sobre o assunto para combater o preconceito

Depois de se ter aberto relativamente a este transtorno nas redes sociais, a modelo voltou a falar sobre o assunto com a Allure, explicando o porquê de querer ser tão vocal quanto ao mesmo. «Todos temos as nossas coisas e, mesmo para mim, penso que quanto mais falarmos delas, mais facilmente conseguiremos lidar com elas. É por isso que queria abordar este tópico», esclareceu. «Só quero que as pessoas se sintam bem consigo próprias e se, por partilhar a minha história, consigo isso, é incrível», concluiu.