Michelle Pfeiffer Lança Linha de Perfumes 100% Seguros Para a Saúde

A atriz não usou perfume durante dez anos porque estes continham toxinas prejudiciais à saúde. Por: Inês Aparício -- Imagens: © GTRESONLINE.

Foram dez os anos em que Michelle Pfeiffer decidiu não utilizar perfume. O possível perigo que os ingredientes nele compostos poderiam trazer para a saúde – algo de que se apercebeu numa altura em que foi mãe e viu o seu pai e melhor amiga descobrirem que tinham cancro – foram determinantes para a escolha da atriz. «Procurei várias fragrâncias no site do Environmental Working Group e todas elas tinham um símbolo de elevado nível de risco para a saúde. Por isso, assumi que estes produtos seriam bastante tóxicos», explicou à Vogue. Mas o amor por perfumes levou-a a uma busca por uma solução. E essa passou pelo lançamento da sua própria linha de fragrâncias. A Henry Rose não tem parabenos, ftalatos, formaldeído e é, ainda, cruelty-free.

«Depois de anos de questões, testes e paciência, criámos finalmente a primeira coleção de fragrâncias finas que são verificadas quer pela EWG, quer pelo Cradle to Cradle. Cada um dos ingredientes foi rigorosamente verificado relativamente aos restritos padrões para a saúde e segurança, de modo a que os consumidores se possam sentir bem ao saber que não terão de voltar a comprometer a segurança ou a qualidade», pode ler-se na apresentação da coleção, no site da Henry Rose.

Esta linha, meticulosamente pensada por Pfeiffer, é constituída por cinco perfumes, todos sem género. «Isto era algo que eu decidi logo no início», explicou a atriz à Out. «Era o que fazia sentido para mim. Mas todos me desencorajavam a fazê-lo na altura. ‘Fragrâncias unissexo não vendem’, era o que me diziam. Mas eu queria mesmo que a Henry Rose fosse para todos», completou. 

Preocupação com a sustentabilidade

Além da preocupação com a inclusividade e transparência dos ingredientes que compunham os perfumes, Michelle Pfeiffer procurou dar um passo além no que à sustentabilidade diz respeito. «Comprometemo-nos a fazer o nosso melhor para o planeta. É um esforço contínuo, mas começamos por utilizar materiais provenientes de fontes sustentáveis ou renováveis», é sublinhado no site. Os frascos são, deste modo, feitos de vidro 90% reciclado e as tampas de um material compostável. Também as caixas dos perfumes são de papel reciclado.

Os perfumes estarão disponíveis exclusivamente no site da Henry Rose e podem ser enviados para Portugal.

Veja na galeria, em cima, todos os perfumes que fazem parte da coleção de Michelle Pfeiffer.