A Primeira Marca De Beleza De Victoria Beckham É Sustentável E Cruelty-Free

É assim que a ex-spice girl continua a spice up our lives. Por: Inês Aparício -- Imagens: © D. R.

O que é que Victoria Beckham não consegue fazer é algo que ainda que não descobrimos. Porque cantar e dançar já nos provou conseguir fazer há muito (olá, Posh Spice), desenvolver coleções de roupa parece ser-lhe natural e, se nos havíamos esquecido de que também dava cartas no universo da beleza, depois da colaboração com a Estée Lauder, esta decidiu reiterá-lo, lançando uma marca de beleza.

Mas a Victoria Beckham Beauty não é apenas mais uma insígnia criada por uma celebridade. Beckham procurou que esta tivesse o menor impacto possível no ambiente, trazendo uma linha de produtos sustentável. As embalagens são feitas de cartão – o plástico é praticamente inexistente em todos os itens -, e, consequentemente, 100% recicláveis, tal como os materiais de envio dos produtos, que, além de poderem ser colocados na reciclagem, são biodegradáveis. Mas a melhor parte é mesmo a própria bolsa na qual a maquilhagem é enviada poder ser reutilizada. Ou será que é o facto de os ingredientes serem livres de toxinas, segundo os níveis da Comissão Europeia, e cruelty-free?

Além disso, Victoria Beckham teve em conta a diversidade. «Estamos a tentar tornar o mundo num lugar mais bonito e simpático», nota a fundadora da Victoria Beckham Beauty no site da marca. «Quando estavamos a desenvolver toda a maquilhagem, dissemos que queríamos que fosse incrivelmente inclusiva. E foi exatmente isso que fizemos. Todos temos completamente diferentes tipos de pele. Completamente diferentes idades. E estamos a usar todos a mesma maquilhagem. O que conseguimos é muito especial», declarou.

Do look de assinatura de Beckham a cores vibrantes

Não é habitual vermos Victoria Beckham arriscar no que à maquilhagem diz respeito. Aliás, o look de assinatura da ex-Spice Girl envolve um smoky eye num tom acastanhado, bastante natural. Por isso, não é uma surpresa que parte das paletas de sombras que integram a linha que agora lança torne possível recriá-lo. Todavia, além destes tons bastante seguros, que facilmente estariam na bolsa de maquilhagem da designer, existem outros mais outonais ou mais vibrantes, no qual se destaca um azul elétrico.

Às quatro paletas de sombras – Signature, Tuxedo, Tweed e Royal -, juntam-se quatro sombras em creme que dizer que brilham é um eufemismo e três lápis com uma esponja na ponta contrária para esfumar o eyeliner, deixando-o (im)perfeito.