Estas São As Contas Que a Vão Inspirar Para a Maquilhagem de Halloween

Saia da sua zona de conforto e troque a rotina de maquilhagem de todos os dias por looks mais fora da caixa. Por: Carolina Adães Pereira -- Imagens: D.R.

Quando a Gucci, na coleção primavera-verão 2018, apresentou no desfile modelos a levarem réplicas exatas das suas cabeças debaixo do braço ou com um olho a mais na testa ou nas mãos, os críticos e todo tipo de cobertura do desfile, arriscamo-nos a dizer, focaram‐se na maquilhagem. Os looks pensados pela Makinarium, uma empresa italiana especializada em caracterização para filmes, foram analisados ao mais ínfimo pormenor, discutidos e cobiçados.

Também foram eles que abriram as portas a uma nova vaga de maquilhadores que exploram o universo hiper‐realista e que usam as redes sociais como plataformas de difusão dos seus trabalhos. Aqui, apresentamos‐lhe cinco nomes nacionais e internacionais (mas com ligações a Portugal) que a ELLE segue no Instagram, que primam pela utilização de elementos surrealistas e insólitos e provam que a maquilhagem também pode – e deve – ser considerada arte.

As melhores contas para inspirar a maquilhagem de Halloween

Koichi Sonoda

Foi com a sua personagem de drag queen Akemi Klein que o maquilhador brasileiro começou a sua carreira em 2014. Após oito meses, Koichi teve de fazer uma pausa no projeto, mas o gosto por este universo não foi esquecido. «Senti muita falta de maquilhar e percebi que era uma forma incrível de me exprimir e que podia ser uma extensão do que eu fazia no papel – também sou ilustrador», conta à ELLE. Desde o seu regresso, Koichi conta com muitos trabalhos editoriais, incluindo a capa de maio da ELLE Brasil em 2018, e todos eles começam no papel, como se de uma obra de arte se tratasse.

 

Sara Rodrigues

Maquilhagem e enfermagem combinam? No que diz respeito a Sara, a resposta é sim. Assume-se como uma «autodidata e entusiasta de maquilhagem artística», diz à ELLE, talvez porque é de Torres Vedras. «Foi com o Carnaval de Torres Vedras que começou a preocupação com toda a construção de um outfit completo e a estética para complementar a maquilhagem», conta-nos. Agora, tem o título de Nyx Face Award de 2017 e um Instagram cheio de looks inspiradores.

 

Joana Shino

Uma breve visita ao perfil do Instagram da Joana deixa logo adivinhar que o foco de interesse desta make-up artist é mais sombrio. Aliás, quando questionámos a jovem de Lisboa sobre como começou o seu percurso no universo da maquilhagem, Joana contou à ELLE: «Sempre fui pessoa de achar que colorir fora das linhas é bem mais divertido, e com tempo e prática fui desenvolvendo o meu estilo de maquilhagem: um pouco mais fantasia, que envolve efeitos especiais, face paint e a minha versão de beauty make-up.» Não só pode inspirar-se nos looks da maquilhadora através das imagens no seu perfil de Instagram, mas também pode aprender a recriá-los seguindo os seus tutoriais no YouTube (em inglês, na sua maioria), no canal com o seu nome. Este look das lágrimas em preto está lá e – interprete isto como um aviso – envolve uma pistola de cola quente.

 

Illusion

O percurso de Illusion – nome pelo qual é conhecida pelos seus mais de 128 mil seguidores no Instagram – é fora do comum: «Fiz uma transição de modelo para maquilhadora e senti muito apoio da parte das pessoas que me seguem», conta-nos a make-up artist. A caracterização ainda é um amor recente (um ano para sermos precisas), no entanto, Illusion garante que descobriu «um mundo novo em que posso ser tudo o que quero e imaginei a qualquer hora do meu dia», partilha com a ELLE. Se está à procura de ideias para o Halloween, passe pelo Instagram da maquilhadora e veja os seus últimos looks idealizados para esta época.

 

Mimi Choi

O nome de Mimi pode não lhe ser familiar, mas é provável que já tenha visto um dos seus trabalhos. Lembra-se do look que o ator Ezra Miller usou na Gala MET deste ano? Esta maquilhadora canadiana, que nasceu em Macau – «tenho passaporte português», conta à ELLE – vai buscar inspiração para os seus looks a diferentes fontes: podem ser «formas, texturas e padrões que estão presentes no meu meio ambiente», diz-nos, como «visitas a museus com trabalhos de artistas como Salvador Dalí», acrescenta. Mas algo que também serve de inspiração são os seus episódios de paralisia do sono (uma condição de que sofre). «É a altura em que crio alguns dos looks mais mórbidos que já fiz, a cara cortada, o rosto a derreter e o looks das aranhas», revela-nos. Perguntamos a Choi qual o seu look favorito, ao que a maquilhadora nos diz que está «sempre a mudar. Normalmente, é o último que fiz. No entanto, o dos múltiplos olhos é especial porque lançou a minha carreira. Também gostei muito do look da prateleira, onde pintei as minhas coisas favoritas», conta-nos. «Foi o look mais demorado que alguma vez fiz (10 horas), mas foi super divertido», conclui.

 

O artigo foi originalmente publicado na edição de outubro da revista ELLE.