Finalmente Há Mulheres Com Pelos Num Anúncio de Uma Marca de Lâminas

Um pequeno grande gesto no caminho para quebrar os estereótipos associados aos pelos faciais e corporais. Por: Cátia Pereira Matos -- Imagens: © Billie / Unsplash

Porque é que nos anúncios de marcas de acessórios e produtos de depilação as mulheres não aparecem com pelos? Nem um. Zero. Em todos, já têm as pernas impecavelmente depiladas e lustrosas, ainda antes da passagem de uma lâmina. E penugem nas axilas nem vê-la. Este retrato erróneo do corpo feminino motivou uma marca de lâminas norte-americana a criar uma campanha publicitária que olha para os pelos como aquilo que efetivamente são: algo natural.

«Pelos. Toda a gente os tem. Até as mulheres.» É com esta a frase que começa o anúncio da Billie, o primeiro de uma marca de lâminas, segundo a própria, a retratar as mulheres com pelos corporais. «O mundo finge que eles não existem. Mas existem. Nós verificámos», lê-se no vídeo de um minuto que integra a campanha Body Hair Project by Billie.

«Quando as marcas fingem que todas as mulheres têm corpos sem pelos isso faz com que elas sintam vergonha dos pelos», explicou Georgina Cooley, co-fundadora da Billie, à Glamour. No vídeo, as mulheres surgem com pelos nos dedos dos pés, nas pernas, na linha do umbigo e nas axilas. Algumas optam por se depilar, enquanto outras abraçam orgulhosamente os pelos corporais.

«A depilação é uma escolha pessoal e ninguém deveria dizer a uma mulher o que fazer com os seus pelos. Há quem escolha removê-los e há quem escolha deixá-los crescer — e, qualquer que seja a escolha, as mulheres não devem ter de se desculpar», reforça a criadora da marca. Uma mensagem que é expressa no fim do anúncio, que termina com a seguinte frase: «Se em algum momento quiseres depilar-te, nós estaremos aqui.»

Reações à campanha

Nas redes sociais, a campanha tem sido amplamente elogiada por não encobrir os pelos faciais e corporais. «Finalmente, um anúncio normal», «Excelente campanha, bom trabalho», ou «Eu nem uso lâminas mas este anúncio é incrível» foram alguns dos comentários deixados pelos internautas na página de Instagram da Billie, onde o vídeo foi publicado.

À aceitação dos pelos junta-se uma outra mensagem: a da aceitação corporal. No vídeo, há mulheres negras e asiáticas com corpos reais, de todos os tamanhos.

O projeto em imagens

Além do anúncio, a campanha Body Hair Project by Billie inclui ainda imagens da autoria da fotográfa Ashley Armitage, conhecida pelos seus trabalhos em torno da aceitação corporal do corpo feminino. «É muito entusiasmante fazer parte de uma campanha que quebra com os estereótipos de beleza e com os tabus ao mostrar corpos reais de mulheres com pelos», disse à Glamour a artista de 25 anos, que decidiu doar os retratos do porjeto ao banco de imagens grátis Unsplash.

Veja na galeria abaixo algumas dessas imagens.